Boa tarde! Hoje é tera, 20 de outubro de 2020

(11) 3104-4441

BB diz que fará os esclarecimentos ao TCU sobre interferências em auditoria

Publicado em: 15/10/2020

Nesta quarta-feira (14/10), o Banco do Brasil divulgou comunicado ao mercado informando que foi notificado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e que prestará esclarecimentos ao órgão sobre possíveis irregularidades na área de Auditoria Interna do BB. No comunicado, assinado pelo Gerente Geral de Relações com Investidores e Sustentabilidade, Daniel Alves Maria, o BB diz que “foi notificado pelo TCU, em 13.10.20, e que apresentará os esclarecimentos necessários perante aquele Tribunal de Contas”. A ANABB segue acompanhando as investigações.

No processo, o TCU apura uma representação do Ministério Público (MP) que aponta indícios de irregularidades na gestão do Banco do Brasil, com relação a ações propensas a fragilizar as estruturas de controle e de governança do BB, em especial, a Auditoria Interna e o Comitê de Auditoria.

A Comissão de Valores Imobiliários (CVM) já havia questionado o BB no início do mês sobre uma reportagem veiculada pela CNN Brasil. Na notícia, a emissora afirmava que o MP teria encaminhado ao TCU uma representação solicitando apuração de fatos sobre a gestão do BB quando era presidido pelo economista Rubem Novaes. A investigação também apontava supostas interferências em nomeações na Previ.

Em resposta à CVM, o BB afirmou que a Auditoria permanece em pleno funcionamento e que o Banco possui Comitê de Auditoria e uma Unidade de Auditoria Interna, ambas ligadas diretamente ao Conselho de Administração e com autonomia para desempenhar suas funções com total independência.

A ANABB acompanha os fatos e o desenrolar das providências a serem tomadas pelos órgãos de controle (TCU, CGU). E como de costume, adotará as medidas cabíveis para preservar os funcionários e a integridade do BB.

Fonte: Agência ANABB