Boa tarde! Hoje é quinta, 06 de agosto de 2020

(11) 3104-4441

Bancários do BB defendem mesa única de negociação com a Fenaban

Publicado em: 31/07/2020

Os bancários do Banco do Brasil defendem a participação do Banco do Brasil na mesa única de negociação da Fenaban na Campanha Nacional dos Bancários 2020. Nesta sexta-feira 1º seria realizada negociação com a Fenaban, às 11h. A proposta do Comando Nacional dos Bancários era apresentar um calendário, e a possibilidade de separar as negociações por temas. E na sequência terá negociação com a direção do Banco do Brasil.

Os representantes dos trabalhadores querem cobrar a defesa do Banco do Brasil como banco público; a manutenção do Acordo Coletivo de Trabalho; a ultratividade, e a ampliação de direitos contidos nas propostas da pauta de reivindicações da renovação da Convenção Coletiva de Trabalho, incluindo a regulamentação da jornada de home office.

Também reivindicam reajuste de 5% acima da inflação do período compreendido entre primeiro de setembro de 2019 e 31 de agosto de 2020; vale-refeição de R$1.045 (correspondente a 23 tíquetes de R$45,43), e vale-alimentação no mesmo valor.

Os bancários do BB também estão reivindicando dos bancos, na Campanha Nacional 2020, PLR no valor de três salários-base, mais verbas fixas de natureza salarial, e parcela adicional no valor fixo de R$ 10.742,91.

“Ao invés de discutirmos separadamente, queremos debater a renovação da Convenção Coletiva enquanto categoria. Pois isso nos fortalece e preserva nossos direitos. Segundo dados do Dieese, 69% das empresas públicas que fizeram greve ano passado acabaram suas campanhas salariais no Tribunal Superior do Trabalho. Um aumento expressivo”, enfatiza João Fukunaga, diretor executivo do Sindicato e coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil.

Fonte: Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região