Boa tarde! Hoje é sbado, 21 de setembro de 2019

(11) 3104-4441

BB, Itaú e Bradesco estão no topo da lista das marcas mais valiosas de 2019

Publicado em: 05/09/2019

Três bancos estão no topo do ranking das 25 Marcas Brasileiras Mais Valiosas de 2019, pesquisa divulgada pela consultoria internacional Interbrand. Itaú ( R$ 33.541 bilhões), Bradesco (R$ 24.859 bi) e Banco do Brasil (R$ 10.922 bi) têm a 1ª, 2ª e 5 ª colocações, respectivamente. Duas as marcas de cerveja: Skol (R$ 17.206 bi) e Brahma (R$ 11.412 bi), 3ª e 4ª, completam as top 5.A pesquisa, feita em parceria com a Provokers, foi realizada com mais de mil entrevistados em todo o Brasil, que avaliaram positiva ou negativamente marcas de diversos segmentos. Os requisitos para uma marca estar na lista são ter origem nacional e divulgar suas informações financeiras.

Segundo o levantamento, 19 marcas apresentaram uma variação positiva em 2019 e quatro tiveram crescimento percentuais relevantes em seus valores de marca em comparação com 2018: Magalu, com 46%, CVC e Localiza, com 21%, e Assaí, com incremento de 20%.

O valor total do portfólio das 25 marcas que compõem a edição deste ano do ranking cresceu 7,65%, ultrapassando os R$ 129 bilhões. De todas as marcas ranqueadas, somente quatro perderam valor em relação a 2018, segundo a pesquisa:– Antarctica, Cielo, BTG Pactual e Casas Bahia.

Segundo Beto Almeida, CEO da Interbrand no Brasil, a análise do ranking de 2019 revela o sucesso das marcas que tiveram a habilidade de conectar experiências relevantes com propósitos inspiradores para seus consumidores.

“As marcas que apresentaram os maiores percentuais de crescimento foram aquelas que efetivamente conectaram experiências de marca relevantes, a fim de aprimorar a experiência do consumidor e fornecer consistência, o que cria valor a curto prazo. Ao mesmo tempo, as marcas que articularam mensagens poderosas e autênticas para construir um posicionamento enraizado com seu propósito, obtiveram as maiores notas em força de marca. Não por acaso, isso fortalece a reputação e garante a lealdade a longo prazo”, explica.

Líderes

Essas duas estratégias combinadas foram as responsáveis pelo bom desempenho tanto do Itaú quanto da Magalu no ranking deste ano.

“A marca de maior crescimento e a marca mais valiosa [o Itaú, avaliado em R$ 33.541 bilhões] do ano são dois excelentes exemplos da boa coordenação de gerar relevância e causa, o que leva a um nirvana da marca no engajamento, defesa e valor sustentável”, afirma o CEO da Interbrand no Brasil.

Duas marcas do setor de “atacarejo” estreiam na lista: Assaí e Atacadão. Segundo Beto Almeida, a maior relevância das marcas dessa modalidade de atacado se deve, principalmente, a capacidade que estes dois players em particular tiveram em entender corretamente a demanda de seu público alvo, desenvolvendo uma oferta de produtos e serviços extremamente variada e dentro de uma experiência de loja que atendesse as expectativas de seus mais diversos perfis de consumidores.

Fonte: Jornal Destak