Boa tarde! Hoje é quarta, 06 de julho de 2022

(11) 3104-4441

Se achar rentável, Ativos buscará outras carteiras de crédito, diz BB

Publicado em: 04/05/2017

A Ativos, empresa de recuperação de créditos do Banco do Brasil (BB), pretende manter a estratégia de adquirir carteiras em atraso de outras instituições financeiras, desde que as operações sejam consideradas rentáveis. A afirmação é de Márcio Hamilton Ferreira, vice-presidente de controles internos e gestão de riscos do BB.

O executivo confirmou a aquisição recente de carteiras do Bradesco e do Santander, conforme informou o Valor na edição de sexta. Juntos, os dois portfólios adquiridos possuem R$ 5,3 bilhões em valor de face. Pela carteira do Bradesco de R$ 4 bilhões, pagou R$ 80 milhões. Questionado, ele disse que não comentaria as condições dos negócios por questões comerciais.

O BB constituiu a Ativos em 2003, inicialmente para lidar com os próprios financiamentos em atraso. Em 2015, o banco decidiu ampliar o foco da companhia. “A experiência adquirida nos últimos 14 anos nos dá segurança para comprar créditos de outros bancos”, diz Ferreira. Além de Bradesco e Santander, a empresa já adquiriu carteiras da Caixa Econômica Federal.

O fato de ter desbancado outras empresas que atuam na recuperação de créditos “podres” nos processos conduzidos por Bradesco e Santander não significa que a Ativos tenha adotado uma estratégia mais agressiva para ganhar mercado, segundo o executivo do BB. “O objetivo da empresa é ser rentável, mas acreditamos que temos condições de ter uma análise mais assertiva”, afirma.

O retorno sobre o patrimônio obtido pela Ativos no ano passado foi de 15,2%, maior que o do próprio BB, que foi de 7,5%, segundo Ferreira. Nos últimos três anos, a companhia distribuiu R$ 350 milhões em dividendos para o banco, ainda de acordo com o executivo.

Fonte: Valor Econômico

Fale Conosco
Precisa de Assessoria Jurídica?
Olá, tudo bem? Como a Assessoria Jurídica pode ajudar você? Mande sua dúvida ou informação que necessita.