Boa tarde! Hoje é sbado, 13 de agosto de 2022

(11) 3104-4441

Sindicato mobiliza bancários do Banco do Brasil para Campanha Nacional 2022

Publicado em: 22/07/2022

Começaram na sexta-feira 15 de julho as negociações específicas para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho do Banco do Brasil, no contexto da Campanha Nacional dos Bancários 2022 (campanha salarial). O tema da negociação desta sexta-feira 15 será “Igualdade de Oportunidades”, que abrange o combate à discriminação, salários iguais para trabalho de igual função, independentemente de condição física, raça, cor, gênero, idade e orientação sexual.

Para informar e mobilizar os bancários a respeito da Campanha Nacional, dirigentes sindicais percorreram, durante toda a semana do dia 11, agências e centros administrativos a fim de dialogar com os colegas sobre as reivindicações deste ano. Veja abaixo as principais.

  • Aumento para 100% do percentual de participação de todos os funcionários em home-office de todos os departamentos e unidades que trabalham em prédios no BB, e com maior participação em mais de 50% da jornada semanal em teletrabalho, com ajuda de custo e fornecimento de equipamentos e acompanhamento do SESMT (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho);
  • Cassi e Previ para todos – Assegurar o direito de migração para Cassi e para Previ de todos os funcionários do BB egressos de bancos incorporados e/ou afiliados a outros planos de saúde e previdência;
  • Valorização dos Atendentes das CRBB’s com VR (salário) compatível com as metas de negócios, e efetuar a devida reposição de profissionais nas CRBB’s, através de concurso externo, ou estimulando o processo seletivo interno no BB;
  • Pelo fim das metas abusivas no PSO – exigir regulação/moderação das metas para os caixas, em função dos riscos envolvidos no acúmulo de funções para além do manuseio de numerário e atendimento de clientes em suas transações, e assegurar o devido treinamento para as funções;
  • Rever o plano de cargos e funções nas unidades negociais – Estabelecer o retorno do programa de remuneração junto às gerências médias – módulos Básico e Avançado -, ou criação de um novo modelo semelhante em que os funcionários que atinjam quantidade mínima de Certificações Internas ou Externa passem automaticamente a receber maior remuneração sobre as verbas salariais, sem limite de quantidade de funcionários.

“Ao tempo em que pedimos ao BB que dedique seus devidos esforços em atender as justas reivindicações dos funcionários, também conclamamos aos trabalhadores e trabalhadoras que acompanhem as mesas de negociações, para que conversem com os colegas a respeito das pautas, no sentido de criar movimento de debates e mobilizações para melhoria das condições de trabalho, renda e emprego no Banco do Brasil”, diz Getúlio Maciel, dirigente sindical e representante da CEBB pela Fetec-SP.

Calendário de negociações

Igualdade de oportunidades – 15 de julho
Emprego e terceirização – 27 de julho
Cláusulas Sociais – 29 de julho
Segurança Bancária – 2 de agosto
Teletrabalho – 4 de agosto
Saúde e Condições de Trabalho – 9 de agosto
Cláusulas Econômicas – 15 de agosto
Representação – 17 de agosto

Fonte: Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região

Fale Conosco
Precisa de Assessoria Jurídica?
Olá, tudo bem? Como a Assessoria Jurídica pode ajudar você? Mande sua dúvida ou informação que necessita.