Boa tarde! Hoje é sbado, 13 de agosto de 2022

(11) 3104-4441

Sustentabilidade é uma das marcas do Banco do Brasil

Publicado em: 04/08/2022

A busca por soluções em sustentabilidade, aplicadas a negócios que priorizem a eficiência e boas práticas de gestão dos recursos, é uma das marcas do Banco do Brasil. Os cuidados adotados em relação ao meio ambiente e o foco em metas que privilegiem um mundo mais sustentável orientam a atuação do BB enquanto instituição pública que possui papel central no fomento ao desenvolvimento nacional.

Como consequência disso, em 2022, por exemplo, o Banco do Brasil foi novamente reconhecido como a instituição financeira mais sustentável do planeta, integrando o ranking Global 100 da Corporate Knights – empresa de consultoria de mídia e investimento, sediada em Toronto (Canadá). O lugar de liderança já havia sido conquistado em 2021.

A posição pró-sustentabilidade exercida pelo BB em nível global também pode ser exemplificada no memorando de entendimentos celebrado recentemente junto ao Banco Mundial. A instituição mantém hoje 160 projetos voltados a questões climáticas e ao mercado de carbono, abrangendo 65 países. O acordo com o BB prevê a concessão de um empréstimo de 500 milhões de dólares, com prazo de pagamento de até 20 anos.

A maior parte dos recursos, cerca de 400 milhões de dólares, deve compor linhas de crédito direcionadas ao setor privado, para redução da emissão de gases de efeito estufa. Outros 94 milhões de dólares devem formar um fundo de dívida climática, referente ao mercado de créditos de carbono. O valor restante será destinado à assistência técnica para projetos de geração de créditos de carbono e o desenvolvimento de plataforma para a comercialização dos mesmos.

O Banco do Brasil lançou em maio o fundo BB Multimercado Carbono, com o objetivo justamente de favorecer investimentos neste tipo de mercado, ao mesmo tempo que apoia o combate às mudanças climáticas.

O novo fundo integra o conjunto de iniciativas adotadas pelo Banco do Brasil para promover investimentos com base nas chamadas Práticas ASG (Ambiental, Social e Governança). A sigla se refere à adoção de condutas mais responsáveis na gestão corporativa e maior consciência em relação aos impactos do negócio no meio ambiente.

A aplicação de Práticas ASG no planejamento de investimentos e em modelos de negócios é um dos dez compromissos de longo prazo em sustentabilidade assumidos pelo Banco, com meta de R$ 20 bilhões em alocação de recursos até 2025. O portfólio ASG do BB possui atualmente 26 fundos, com investimentos tanto no Brasil quanto no exterior.

Com ações deste tipo, o Banco do Brasil busca expandir o financiamento à economia verde, apoiando empresas e projetos para a geração de créditos de carbono e a redução da emissão de gases de efeito estufa. As linhas de crédito são oferecidas tanto a pequenas e médias empresas e a agricultores quanto a projetos de infraestrutura, ampliando o acesso ao crédito. Dessa forma, o BB cumpre seu papel de instituição pública, gerando empregos e incentivando a sustentabilidade.

Fonte: Agência ANABB

Fale Conosco
Precisa de Assessoria Jurídica?
Olá, tudo bem? Como a Assessoria Jurídica pode ajudar você? Mande sua dúvida ou informação que necessita.