Boa tarde! Hoje é domingo, 26 de maio de 2024

(11) 3104-4441

BB acerta ao contratar nas CRBBs, mas déficit de pessoal do banco continua

Publicado em: 04/04/2024

Seis meses após o movimento sindical bancário ter reivindicado providências para reduzir a sobrecarga de trabalho nas Centrais de Relacionamento (CRBBs), a diretoria do Banco do Brasil anunciou a contratação de 52 e 36 colegas, respectivamente, no de São Paulo, no Complexo Verbo Divino; e no de São José dos Pinhais, no Paraná. O anúncio foi feito no Grupo de Trabalho Específico criado para resolver o problema da falta de funcionários no setor.

Rita Mota, dirigente do Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro e da Comissão de Empresa dos Funcionários (CEBB) elogiou a iniciativa que reduz a sobrecarga de trabalho, mas ressaltou a necessidade de mais contratações. “Mais contratações também na rede de agências e outras unidades para atender à demanda. Este é um problema que vem de outras gestões e que impacta, de maneira negativa, tanto o rendimento do trabalho em si, quanto a saúde dos funcionários, merecendo a devida atenção da gestão atual do BB”, afirmou.

Além das 88 contratações para a CRBB de São Paulo e São José dos Pinhais, o movimento sindical continuará pleiteando mais contratações em outras áreas.

O tamanho do problema

O funcionário do BB e representante da Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Paraná (Fetec-CUT-PR) na CEBB, Alessandro Greco Garcia, conhecido como Vovô, explica que a criação do GT Específico, com participação de representantes do movimento sindical e do banco, foi fundamental para o avançar na resolução dos problemas de claros nas CRBBs. “Nós apresentamos nesse grupo pesquisas feitas com funcionários das CRBBs de Recife (PE), São José dos Pinhais (PR) e São José (SC) e que revelaram um clima de trabalho preocupante, devido à sobrecarga e dificuldade de ascensão, como desmotivação para ir ao trabalho e estresse. Por isso, a contratação de mais pessoas, além de necessária para melhorar os atendimentos, é fundamental à saúde das trabalhadoras e trabalhadores”, destaca.

“Seguiremos firmes na luta. Ainda temos muito o que conquistar em termos de valorização e melhores condições de trabalho nas CRBBs e no BB como um todo”, destaca o dirigente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e representante da entidade no GT sobre CRBBs, Antonio Netto. “Se lá atrás a direção do banco não tinha a sensibilidade de discutir com o movimento sindical os principais problemas da categoria, agora o primeiro grande avanço no GT sobre CRBBs se coloca com o anúncio destas contratações”, avaliou.

Fonte: Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro

Fale Conosco
Precisa de Assessoria Jurídica?
Olá, tudo bem? Como a Assessoria Jurídica pode ajudar você? Mande sua dúvida ou informação que necessita.