Boa tarde! Hoje é sbado, 18 de maio de 2024

(11) 3104-4441

Bradesco e BB têm caminho livre para fechar capital da Cielo

Publicado em: 25/04/2024

Por uma diferença aproximada de 100 milhões de ações de pouco mais de 1,1 bilhão de papéis em livre circulação, os acionistas da Cielo rejeitaram o novo laudo de avaliação do preço da ação para o fechamento de capital (OPA) da empresa de adquirência.

Ao rejeitar o novo laudo de avaliação do preço da OPA, elaborado pelo J.Safra, os minoritários não ficam sabendo se a proposta seria maior ou menor. Com isso, fica valendo a última proposta feita pelos controladores Bradesco e Banco do Brasil: R$ 5,60 com o acréscimo do CDI na liquidação da operação. A primeira proposta dos havia sido de R$ 5,35 (somado o pagamento de juros sobre capital próprio de R$ 0,15) por ação.

O segundo laudo foi rejeitado pela maioria dos minoritários. Absolute, AZ Quest, Clave, Encore, Vinland e XP, que detêm aproximadamente 7% do capital da Cielo e pouco menos de 20% das ações em livre circulação, já tinham se acertado com os controladores.

O NeoFeed apurou que nos últimos 20 dias houve uma movimentação intensa entre os que eram a favor e os que eram contra o novo laudo para conquistar votos.

Nesta votação, muitos investidores se abstiveram e preferiram doar a ação via aluguel. Isso reforçou o grupo de minoritários que conseguiu votar, também, com a posição das ações alugadas contra o novo laudo.

“Existe muita tesouraria e fundos macro fazendo arbitragem com o papel da Cielo, mas eles não estavam habilitados para a votação e doaram as ações para que outros players pudessem votar”, disse uma fonte ao NeoFeed.

Entre as assets com posição importante na Cielo, a Ibiuna se absteve da votação. A gestora, ao lado de Mantaro e do investidor Luiz Barsi Filho, formam um grupo com menos de 4% do capital da empresa de adquirência.

A maioria dos votos a favor do novo laudo (posição que foi derrotada) vieram de fundos estrangeiros. Quem estava encabeçando esse movimento era a Norges Bank Investment Management, que faz a gestão do fundo de pensão da Noruega e que detém US$ 1,6 trilhão sob gestão.

A partir da rejeição desse segundo laudo, a OPA da Cielo precisa ser aprovada em assembleia e o leilão, marcado. A expectativa é que esse processo demore de três meses a cinco meses para ser concluído.

Com valor de mercado de R$ 15,2 bilhões, a ação da Cielo encerrou o pregão de terça-feira, 23 de abril, cotada a R$ 5,59. No ano, o papel acumula valorização de 23,1%.

Fonte: Neofeed

Fale Conosco
Precisa de Assessoria Jurídica?
Olá, tudo bem? Como a Assessoria Jurídica pode ajudar você? Mande sua dúvida ou informação que necessita.