Boa tarde! Hoje é sexta, 19 de julho de 2024

(11) 3104-4441

Dez gerentes descomissionados apenas no dia 15 de setembro

Publicado em: 22/09/2017

O dia 15 de setembro ficou marcado negativamente para os gerentes do BB que trabalham na capital paulista. Foram registrados 10 descomissionamentos – sete gerentes gerais de agência e três de conta – apenas nessa ´sexta-feira 13´. “De acordo com a Superintendência Capital, que tomou a decisão com o aval da Diretoria de Gestão de Pessoas (Gepes), os motivos foram ´desempenho insuficiente´, no caso dos gerentes gerais, e no dos demais por conta do sistema de Gestão de Desempenho Profissional por Competência e Resultados (GDP)”, diz o presidente da AGEBB, Francisco Vianna de Oliveira Junior. “A classe gerencial do BB em todo o país enfrenta, com alta dose de ansiedade, risco iminente de perda do cargo ou desligamento, seja pela continuidade da reestruturação ou pelas inconsistências e subjetividade do radar do GDP”, analisa o principal executivo da AGEBB.

Não bastassem as constantes enxurradas de descomissionamentos e realocação de gerentes por fechamento de agências, o inferno astral para os executivos do BB se intensifica ainda mais com a entrada em vigor, no dia 13 de novembro, da nova legislação trabalhista. Para eles, a atenção se volta totalmente para o artigo 468, da CLT, o qual passa a prever que o empregador pode descomissionar o gestor em qualquer momento, sem a necessidade de justificativa. Além disso, esse artigo contraria os termos da Súmula 372, do TST, já que sepulta o direito às gratificações recebidas por período igual ou superior há 10 anos. O artigo dispõe que essas verbas não serão incorporadas, independentemente do tempo de exercício na respectiva função. “Ou seja, os gestores do BB têm pela frente uma grave ameaça de redução abrupta dos ganhos e da renda familiar, seja por desempenho insuficiente em relação ao cumprimento de metas muitas vezes inatingíveis ou pela ´nota´ do famigerado GDP”, prevê o presidente da AGEBB.

Abaixo, a relação das unidades cujos gerentes foram descomissionados em 15/9/2017.

Gerentes gerais
Agência Vila Romana
Agência Higienópolis
Agência Vila Sônia
Agência M´Boi Mirim
Agência Vila Industrial
Agência Vila Diva
Agência Ponte Pequena

Gerentes de conta
TRT Norte
Oeste (2)

AGEBB ingressa com ação coletiva preventiva

Em razão do cenário de mudanças e incertezas, a AGEBB decidiu ingressar com uma ação coletiva preventiva em favor dos funcionários que estão na ativa recebendo gratificação de função há mais de 10 anos, ainda não foram descomissionados, mas correm o risco de o ser. Essa é a terceira ação coletiva impetrada pela associação neste ano (clique aqui para ler a reportagem sobre todas elas na edição mais recente do jornal impresso AGEBB Notícias).

A ação coletiva será ajuizada em nome da associação e anexados a ela os documentos fornecidos pelos gerentes sócios da AGEBB, em todo o país, interessados em se beneficiar da decisão judicial. O prazo para recebimento da documentação, digitalizada ou por correio, se encerraria no dia 22 de setembro, mas em razão da grande procura foi prorrogado para 16 de outubro.

A AGEBB preparou um guia completo para esclarecer as principais dúvidas sobre ação coletiva preventiva (clique aqui para ver o conteúdo completo). Se preferir obter mais detalhes sobre a ação diretamente com a entidade, escreva para o e-mail agebb@agebb.com.br ou ligue para (11) 3104-4441.

Fonte: AGEBB

Fale Conosco
Precisa de Assessoria Jurídica?
Olá, tudo bem? Como a Assessoria Jurídica pode ajudar você? Mande sua dúvida ou informação que necessita.