Boa tarde! Hoje é segunda, 27 de maio de 2024

(11) 3104-4441

Obras tem criado cenários de guerra em agência do BB em Rondônia

Publicado em: 08/12/2022

Um cenário de guerra. É assim que pode se classificar a reforma no prédio da agência do Banco do Brasil de Alvorada do Oeste, pequeno município situado a 438 km da capital Porto Velho e que tem aproximadamente 20 mil habitantes. A obra, que já dura meses, segundo apurou o Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia (SEEB-RO), está prejudicando dia após dia a saúde dos funcionários e colocando em risco também os clientes e usuários da agência.

Teto sem forro, fiação elétrica exposta, fios elétricos espalhados pelo piso (de mesa para mesa), paredes quebradas e rachadas, buracos no chão e no teto, lonas gigantescas tomadas pelo pó cobrindo equipamentos e mobiliários antigos, muito pó e poeira, e tudo isso em um pequeno espaço que permite o acesso de uma pessoa por vez no atendimento. Este é o precário cenário atual que coloca em risco – dia após dia – a saúde dos bancários, vigilantes, funcionários da limpeza, e todas as pessoas que precisam ir àquela agência.

“Quando cheguei aqui imaginei se algum bombardeio russo tinha ocorrido na agência. O que vemos aqui é de assustar qualquer um. É surreal ver que as pessoas estão praticamente espremidas num ambiente que lembra um abrigo para refugiados de alguma guerra. Não dá para admitir que, em pleno ano de 2022 e com uma ameaça iminente de uma nova onda da pandemia de covid-19, a gente ainda encontre um cenário desastroso e desumano desses”, disse Irineu Almeida, diretor da regional Ji-Paraná que esteve pessoalmente na unidade.

A diretoria do Sindicato entrou em contato com a Superintendência do BB em Rondônia que, por sua vez, jogou a culpa para o proprietário do prédio da agência, que seria o responsável pela obra.

“Nos contaram que a reforma era necessária porque o prédio, de tão antigo, poderia vir abaixo a qualquer momento. Só que, pelas informações que reunimos hoje, a parte que era de responsabilidade do proprietário do prédio, já foi feita, concluída no início do ano. Essa atual reforma começou em meados de junho, ou seja, há quase seis meses, e é de total responsabilidade do banco. O Banco do Brasil precisa resolver isso, pois não podemos admitir que essa agência continue funcionando nesta situação deplorável e que compromete a saúde dos trabalhadores e traz risco permanente de acidentes para clientes e usuários”, acrescentou Irineu.

O Sindicato já está fazendo um levantamento de todas as obras que estão acontecendo nas agências do Banco do Brasil em Rondônia, para tomar as devidas providências junto aos órgãos fiscalizadores.

“O que vemos na agência de Alvorada, infelizmente, é apenas mais um dos incontáveis problemas que se criam todas as vezes que alguma reforma acontece em alguma agência do BB, pois apesar de a própria Superintendência ter se comprometido a tomar medidas que impeçam esses infortúnios, essas ações são claramente insuficientes”, destacou Cleiton dos Santos, secretário geral do SEEB-RO e funcionário do BB.

Fonte: Tudo Rondônia

Fale Conosco
Precisa de Assessoria Jurídica?
Olá, tudo bem? Como a Assessoria Jurídica pode ajudar você? Mande sua dúvida ou informação que necessita.