Boa tarde! Hoje é segunda, 27 de maio de 2024

(11) 3104-4441

Sem concurso, Banco do Brasil tem déficit de 10 mil funcionários

Publicado em: 17/04/2019

No início deste mês, o governo, através do secretário de Desestatização e Desinvestimentos do Ministério da Economia, Salim Mattar, disse que algumas estatais não serão privatizadas, entre elas o Banco do Brasil. A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) informou que a instituição tem um déficit de mais de 10 mil escriturários na área de atendimento. O último certame foi divulgado em 2018.

De acordo com o secretário da Economia, haverá privatizações em outros setores e que a meta de 2019, fixada em US$ 20 bilhões (cerca de R$ 77 bilhões na cotação atual), vai ser superada. De acordo com o titular da pasta, “a privatização já está ocorrendo”. “Nós temos o hábito de superar a meta e vamos superar em muito essa meta”, disse. A meta foi revelada em janeiro deste ano pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, durante o Fórum Econômico Mundial.

Segundo Mattar, o Brasil tem 434 estatais. Desse total, 134 estão sob o controle do governo federal e podem render US$ 490 bilhões para a União.

No final do ano passado, foi realizada uma audiência no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) com o objetivo de discutir uma ação direta de inconstitucionalidade contra a privatização de estatais por parte do governo federal, em específico as do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal (CEF). Na oportunidade, a presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira, apresentou dados reforçando a importância dos bancos públicos. Além disso, ela desmentiu as afirmações de que as empresas estatais têm gestão ineficiente.

“Os números mostram o contrário. No primeiro semestre de 2018, elas apresentaram lucro líquido de R$ 37,3 bilhões e os dividendos que essas empresas vão repassar para a união giram em torno de R$ 5,7 bilhões. Quando analisamos um período maior, de 2002 a 2016, vemos que as empresas estatais repassaram R$ 285 bilhões de dividendos para União. Elas não dão prejuízo. Ao contrário, dão lucro”, disse a presidente da Contraf-CUT.

A apresentação foi feita durante audiência pública sobre a privatização das empresas públicas, convocada pelo ministro Ricardo Lewandowski antes de tomar sua decisão sobre a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5624. A Contraf-CUT é uma das autoras da ADI.

Último concurso do Banco do Brasil

No dia 06 de março de 2018, o Banco abriu concurso para preencher 30 vagas no cargo de Escriturário, além de cadastro reserva. A Fundação Cesgranrio, organizadora do certame, aplicou as avaliações no dia 13 de maio em Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) ou São Paulo (SP).

De acordo com o documento publicado, as oportunidades foram para lotação nas cidades de Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP). Para concorrer a uma das vagas, o candidato precisou ter certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, (MEC), e idade mínima de 18 anos completos na data da contratação.

Fonte: Notícias de Concursos

Fale Conosco
Precisa de Assessoria Jurídica?
Olá, tudo bem? Como a Assessoria Jurídica pode ajudar você? Mande sua dúvida ou informação que necessita.