Governo do Ceará assina acordo de R$ 940 milhões com Banco do Brasil

Publicado em: 17/06/2021

O governador do Ceará Camilo Santana (PT) assinou, nesta quinta-feira, 17, um acordo de financiamento no valor de R$ 940 milhões com o Banco do Brasil (BB).

De acordo com o chefe do Executivo Estadual, “o financiamento vai proporcionar ao Ceará manter a capacidade de investimentos do estado, permitindo ampliar os nossos projetos, ações e obras”.

“Isso é fundamental para melhorarmos a qualidade de vida dos cearenses, principalmente aumentando a geração de empregos à nossa população”, afirmou Camilo, em publicação nas suas redes sociais.

A assinatura do documento foi feita na sede do BB, em Brasília. Os secretários Mauro Filho (Planejamento) e Fernanda Pacobahyba (Fazenda) também participaram da assinatura com o vice-presidente do Banco, Antônio José Barreto, e diretores da instituição financeira.

“Desde 2015 somos o estado que mais investe no país, de acordo com a receita corrente líquida”, concluiu o governador do Ceará.

Fonte: Focus

 

Banco do Brasil deve fechar oito agências no Ceará, diz sindicato

Publicado em: 11/02/2021

O Banco do Brasil (BB) deve fechar oito agências no Ceará e transformar outras cinco em postos de atendimento, segundo informações do Sindicato dos Bancários do Ceará (SEEB). As medidas fazem parte do plano de reestruturação do banco anunciado em janeiro, mas o BB não confirma quantas e quais agências devem ser afetadas no Estado.

De acordo com o presidente do sindicato, Carlos Eduardo Bezerra, serão fechadas as seguintes agências:
Fortaleza (Aerolândia, Parquelândia e Av. Barão de Studart) e Região Metropolitana de Fortaleza e interior (Juaci Sampaio, Santana do Cariri, Alto Santo, São João do Jaguaribe e Itaiçaba).

As agências do Cambeba (Fortaleza), Orós, Aiuaba, Catarina e Irauçuba devem virar postos de atendimento, conforme o Sindicato. “Está faltando muita transparência do Banco do Brasil. Eles não deram nenhum detalhe. Mas um levantamento feito pelo próprio sindicato está denunciando o fechamento dessas agências. Funcionários já relataram que foram retirados de suas funções originais e constam agora no quadro como excesso”, explica Bezerra.

Ele detalha que as pessoas enquadradas como excesso não têm um destino certo, podendo ser transferidas para qualquer outra cidade e estado.

O projeto de reestruturação prevê fechamento de 112 agências no Brasil. Na segunda-feira (8), o BB comunicou que mais de 5,5 mil funcionários já aderiram aos programas de desligamento voluntário da empresa no País, lançados em janeiro.

De acordo com o Sindicato, ao todo, as medidas devem afetar 150 mil pessoas, entre clientes e população em geral nessas localidades.

Procurado, o Banco do Brasil informou, por meio de nota, que comunicou prontamente os sindicatos da reestruturação e “colocou-se à disposição das entidades sindicais para prestar os esclarecimentos necessários”. No entanto, o banco não se pronunciou sobre quantas e quais agências no Ceará serão afetadas. A instituição também ressalta que os clientes serão comunicados com antecedência sobre qualquer mudança.

O BB justifica as modificações com base no “aumento do comportamento digital de seus clientes”. Segundo o banco, desde 2016, vem havendo “significativa redução nas transações em guichês de caixa (-42%), enquanto o uso do mobile praticamente dobrou no mesmo período e já responde por 86% das transações, junto com o internet banking”.

Fonte: Diário do Nordeste

 

Ceará assina empréstimo de R$ 800 mi com BB para amortizar dívida pública

Publicado em: 21/05/2020

O Governo do Estado assinou com o Banco do Brasil um acordo de empréstimo de R$ 800 milhões. O recurso será destinado à amortização da dívida pública do Ceará no triênio 2020-2022. O montante também deverá ser aproveitado para manutenção da capacidade de investimentos.

O acordo entre o Executivo estadual e a instituição bancária foi firmado no dia 13 de maio. Assinaram o governador Camilo Santana; o gerente geral do Banco do Brasil, Abadia Maria de Araújo, além da titula da Sefaz, Fernanda Mara Pacobahyba.

No projeto de lei encaminhado à Assembleia Legislativa, no mês de março, o Governo cearense ressaltava que a economia do Estado sofria uma trajetória de queda, ocasionada pelo novo coronavírus, além da crise mundial dos mercados, e do cenário brasileiro.

Fonte: Focus

Presidente do Tribunal de Justiça do Ceará recebe superintendente do BB

Publicado em: 15/01/2020


O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Washington Araújo, recebeu, nesta terça-feira (14/01), a visita do superintendente do Banco do Brasil, Antonio Carlos Servo. O objetivo da reunião foi discutir projetos entre o Judiciário e a instituição financeira.

Segundo o chefe do Poder Judiciário estadual, “foi uma visita de cortesia do superintendente na qual conversamos sobre diversos assuntos e estamos vendo a possibilidade de estabelecer parcerias.”

red-img_6717-770x370

“O Banco do Brasil já é parceiro do TJCE há muitos anos e a nossa visita se propõe a renovar essa parceria, na parte de atendimento aos servidores, por exemplo, e identificar até outras ações que a gente possa desenvolver em conjunto”, destacou o superintendente.

Ainda estiveram presentes, representando o Banco do Brasil, a gerente-geral de Agência, Abadia Maria de Araújo Rebouças; o assessor jurídico Regional Ceará, Sandro Domenich Barradas; e a gerente de relacionamento da Agência Setor Público de Fortaleza, Elisângela Freire Appio.

Também participaram do encontro o juiz auxiliar da Presidência do TJCE, Ricardo Alexandre Costa, o superintendente da Área Administrativa do Tribunal, Luis Eduardo de Menezes Lima, o secretário de Finanças, Marcus Coelho, e o consultor jurídico da Presidência, Luis Lima Vede Sobrinho.

Fonte: Tribunal de Justiça do Ceará

BNB, Caixa e BB serão os agentes do programa de desenvolvimento do Ceará

Publicado em: 28/11/2019


“A ideia é construir um pacto para o Ceará crescer mais rápido”, afirmou Camilo Santana, durante evento de lançamento da plataforma para acelerar o crescimento econômico cearense com a redução de desigualdades, como parte do Programa Ceará Veloz, realizado hoje, no Palácio da Abolição.

Como antecipado ao Focus pelo secretário de Desenvolvimento Econômico do Ceará (Sedet), Maia Júnior, o Banco do Nordeste e o Banco do Brasil serão os agentes financeiros do programa de desenvolvimento econômico do Ceará, além da Caixa Econômica Federal.

A nova estratégia deve criar um ambiente de negócios mais favorável, considerando a simplificação e desburocratização dos processos. A plataforma traz um novo marco regulatório e incentivará sete clusters da economia: Cadeia Produtiva da Saúde, Energias Renováveis, Rede de Segurança Hídrica, Polo de Inovação em TIC, Têxtil e Calçados, Agronegócio e Logística.

Fonte: Portal Focus

Banco do Brasil nomeia novo superintendente no Estado do Ceará

Publicado em: 10/01/2019


Na segunda-feira, dia 7/1, tomou posse o novo superintendente estadual do Banco do Brasil (BB) no Ceará, Pio Gomes de Oliveira Júnior, em substituição a Amauri Aguiar de Vasconcelos, nomeado para a Superintendência da Bahia.

Natural de Jucás, o cearense Pio Gomes tem 55 anos e 36 anos de carreira no BB, a maior parte dela em unidades do Banco na Rede de Atendimento no Ceará, onde exerceu o cargo de superintendente regional e gerente geral de várias unidades. Pio também atuou como superintendente estadual em Rondônia e no Piauí e, no último ano, esteve à frente da Superintendência do Banco do Brasil no Distrito Federal.

Pio Gomes é graduado em Direito e especialista em Gestão Financeira e Formação para Altos Executivos.

Fonte: Anuário do Ceará

BB: Ceará receberá três vezes mais recursos para o agronegócio

Publicado em: 12/07/2018


O Banco do Brasil vai disponibilizar esse ano R$ 463 milhões para o Plano Safra no Ceará. O Estado vai receber três vezes mais recursos do que em 2017.

Em todo o País serão destinados R$ 194 bilhões para a safra 2018-2019. Desse total, R$ 103 bilhões vêm através do Banco do Brasil. Os valores para este ano sinalizam as estimativas otimistas para o agronegócio nacional.

O gerente de Mercado, Negócios e Agronegócios do BB, Antonione Cruz, explica que as perspectivas são boas para o Estado. Nos anos anteriores, a severidade da seca comprometeu a carteira de crédito, gerando um índice de inadimplência acima da média do País. Enquanto as taxas nacionais ficaram em conformidade com o Banco Central, girando em torno de 2%, no caso do Ceará a média superou os 9%.

Para garantir a aplicação do crédito disponível e reduzir a inadimplência, o Banco do Brasil lançou mecanismos de negociação com parcelamentos de longo prazo.

Fonte: O Povo

BB amplia atendimento com 550 novos terminais 24 horas no Ceará

Publicado em: 04/05/2018


O Banco do Brasil vai ampliar a rede de atendimentos no Ceará através de Bancos 24 Horas. Com a onda de ataques a agências no interior, essa foi uma das saídas encontradas para facilitar o acesso de populações de pequenas cidades que perderam estrutura de atendimento.

Ontem, em entrevista ao O POVO Economia da Rádio O POVO/CBN, o superintendente estadual do Banco do Brasil, Amauri Aguiar de Vasconcelos, conta que foi conduzido um pleito à TecBanc, empresa responsável pela instalação dos terminais 24 horas. O pedido foi aceito e serão inaugurados, a partir deste mês, 550 novos terminais 24 Horas no Estado do Ceará. Foram incluídos para receber os equipamentos 20 municípios que já possuem este tipo de serviço e 72 em novas cidades.

“A proposta é melhorar o atendimento do Estado e proporcionar mais facilidade aos clientes e usuários com um número maior de locais para a realização de suas operações bancárias”, ressalta.

Amauri explica que o comércio das cidades que perderam agências bancárias vinha sentindo o impacto da falta de numerários e, com os terminais, não será preciso o deslocamento para outros municípios. “A nossa prioridade são as praças desassistidas”, acrescenta.

A vantagem do Banco 24 horas é que ele atenderá não apenas aos clientes do Banco do Brasil, mas também aos de outras instituições financeiras.

Fonte: O Povo

Superintendência do BB do Ceará sob nova direção a partir do próximo dia 6

Publicado em: 01/11/2017


O novo superintendente do Banco do Brasil no Ceará, Amauri Aguiar de Vasconcelos, assumirá funções na próxima segunda-feira (6). A informação é da assessoria de imprensa da Instituição.

Sobralense, Amauri (51) conta com 30 anos de carreira no BB, a maior parte dela em unidades do banco no Ceará, onde exerceu o cargo de superintendente regional e gerente geral de agências de Fortaleza.

Amauri também atuou como superintendente estadual em Rondônia, regional no Rio Grande do Norte e, no último ano, estava como gerente-executivo da diretoria de Distribuição do Banco do Brasil , em Brasília.

Amauri Vasconcelos é graduado em Ciências da Computação pela UFC e especialista em Estratégia e Gestão, também pela UFC, e em Administração Pública, pela USP.

Também concluiu MBAs em Gestão Pública e Formação de Altos Executivos BB, pelo Insper, após aprovação no Programa de Ascensão de Executivos do Banco do Brasil.

Fonte: Blog do Eliomar

BB é convidado para aderir a projeto de intimações e citações eletrônicas no CE

Publicado em: 31/08/2017


O Banco do Brasil (BB) foi convidado a aderir ao projeto de intimações e citações judiciais de forma eletrônica. Nesta quarta-feira (30/08), a Diretoria do Fórum Clóvis Beviláqua apresentou, em reunião no órgão, uma proposta sobre o assunto ao departamento jurídico da instituição financeira, que avaliará a questão e responderá até o próximo dia 11, sobre a adesão.

“O Banco do Brasil analisará o projeto com entusiasmo e otimismo, uma vez que a nova sistemática de citação e intimação eletrônica propiciará maior segurança, agilidade e economicidade, além da mitigação do risco de perda de prazo processual com a possibilidade de efetivação de um gerenciamento eficaz, ante a centralização do recebimento dos atos judiciais de forma eletrônica. Pode-se afirmar que é interesse do Banco aderir e celebrar o convênio com a maior brevidade possível”, afirmou o supervisor jurídico do BB no Ceará, Mauro Chaves.

O diretor do Fórum, juiz José Ricardo Vidal Patrocínio, afirmou que a iniciativa “representa ganho de tempo, mais segurança na tramitação desses documentos e uma economia muito grande em relação a despesas com correio e papel”.

O diretor do Departamento de Informática do Fórum, Leandro Taddeo, destacou as reduções de custos, o melhor gerenciamento de prazos e a celeridade obtidos com o mecanismo. “Eles [BB] têm a garantia do recebimento bem mais eficiente das intimações e citações. Ao mesmo tempo, economizamos papel, combustível e transporte, o que se reverte em ganho ambiental”, lembrou.

Outras grandes instituições já são intimadas e citadas por meio eletrônico: a Enel (antiga Coelce) e a Seguradora Líder (administradora do Seguro DPVAT). Segundo o diretor do Fórum, as próximas empresas a conhecerem a proposta serão Bradesco, Unimed e Hapvida, que estão sendo convidadas a participar de reuniões semelhantes agendadas para setembro. “A ideia é expandir para o maior número possível de grandes empresas”, adiantou.

Fonte: Poder Judiciário do Ceará