Concurso Banco do Brasil já convocou mais de 5 mil aprovados

Publicado em: 13/06/2024

Com edital válido até julho deste ano, o concurso Banco do Brasil já convocou 5.072 candidatos aprovados na seleção de 2022. Os dados foram divulgados pelo próprio BB.

Além do quantitativo de convocações já realizadas, no documento acessado pela Folha Dirigida por Qconcursos, o Banco do Brasil ainda reforça que não há previsão de realização de novos concursos.

O último concurso Banco do Brasil ficará válido até o mês de julho. Os estudos pela prorrogação da seleção já foram iniciados. A decisão, no entanto, ainda não foi fechada.

Caso o concurso de 2022 tenha a validade estendida, a seleção ficará vigente por mais um ano.

Realizado em 2022 e organizado pela Fundação Cesgranrio, o último concurso Banco do Brasil ofertou 6.525 oportunidades para o cargo de escriturário, cuja exigência era o nível médio completo.

Na época, o edital do concurso Banco do Brasil passou por mudanças e acrescentou 525 postos para Pessoas com Deficiência (PcD).

Com a mudança, o perfil profissional de agente comercial passou a contar com 3.300 vagas, enquanto o agente de tecnologia teve a oferta elevada para 3.225 postos.

O salário inicial oferecido no último concurso Banco do Brasil foi de R$5.436,03, sendo R$3.622,23 de vencimento, R$1.014,42 de auxílio-alimentação/refeição e R$799,38 de cesta alimentação.

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas e uma redação. O exame contou com 70 questões, sendo 25 de Conhecimentos Básicos e 45 de Conhecimentos Específicos.

Já as disciplinas variaram conforme o perfil profissional escolhido (agente comercial ou de tecnologia).

A redação teve caráter eliminatório. O exame foi realizado no modelo de texto dissertativo-argumentativo. A avaliação contou uma pontuação igual a 100, sendo necessário obter 70 pontos ou mais para ser aprovado.

Fonte: Folha dos Concursos

Concurso Banco do Brasil tem mais 740 chamadas previstas este ano

Publicado em: 05/10/2023


Homologado em julho deste ano, o concurso Banco do Brasil já conta com 1.833 aprovados convocados. Os números foram revelados à Folha Dirigida por Qconcursos nesta quarta-feira, 27.

Ainda segundo o BB, até o fim do ano, mais de 700 aprovados devem ser convocados, totalizando 2.573 nomeações só neste segundo semestre. “Informamos que até este momento, o Banco do Brasil convocou 1833 candidatos. A previsão para este ano é de convocarmos mais 740 candidatos”, disse o BB.

Com as 2.500 chamadas alcançadas, o BB ainda terá mais 3.952 candidatos a serem convocados, totalizando assim as vagas oferecidas no concurso. Conforme já informado pelo BB, os aprovados, que aguardam a convocação, devem ficar atentos ao endereço e ao e-mail informados no momento da inscrição.

Caso precise atualizar esses dados, os candidatos devem procurar o BB pelo WhatsApp (61) 4003-5291 ou presencialmente em uma das agências do Banco.

Ainda segundo o Banco do Brasil, todos os aprovados, nas vagas imediatas, serão convocados durante o prazo de validade da seleção, que é de um ano, com possibilidade de prorrogação por mais um ano.

Ao todo, o concurso teve 2.149 aprovados para agentes comerciais e mais 2.150 para agentes de tecnologia. Há ainda mais habilitados no cadastro de reserva, mas essas chamadas dependem da convocação de todas as vagas imediatas.

BB confirma perfil dos futuros funcionários

Segundo o Banco do Brasil, mais de 85% dos classificados para compor o quadro de funcionários têm até 35 anos de idade. Já 40% se autodeclararam pretos ou pardos.

Do total de vagas, 10,28% foi conquistada por pessoas com deficiência. “A maioria dos potenciais novos funcionários possui nível superior de escolaridade, sendo 43% graduados e 18% pós-graduados com especialização, mestrado ou doutorado, enquanto 38% completaram ensino médio ou técnico”, disse o BB.

Concurso Banco do Brasil ofereceu mais de 6 mil vagas

Ao todo, o concurso Banco do Brasil contou com 6.525 vagas para o cargo de escriturário, de nível médio. O total de oportunidades sofreu alterações, após o BB acrescentar 525 postos para Pessoas com Deficiência (PcD’s).

“O total de vagas reservadas às pessoas com deficiência aumentou de 5% para 12,5%, o que significa que serão acrescidas 299 vagas e 226 para formação de cadastro de reserva para provimento de vagas exclusivamente para pessoas com deficiência”, informou a vice-presidente Corporativo do BB, Ana Cristina Garcia.

Com a mudança, o perfil profissional de agente comercial passou a contar com 3.300 vagas, enquanto o agente de tecnologia teve a oferta elevada para 3.225 postos.

Os aprovados serão contratados em regime celetista. Os salários iniciais serão de R$5.436,03, sendo R$3.622,23 de vencimento, R$1.014,42 de auxílio-alimentação/refeição e R$799,38 de cesta alimentação.

Além disso, o Banco do Brasil oferecerá benefícios como participação nos lucros (geralmente paga duas vezes ao ano), planos de saúde e odontológico; previdência privada com participação do banco, auxílio-creche/babá e auxílio ao filho com deficiência.

Ao longo da carreira, os profissionais ainda poderão se capacitar por meio da Universidade Corporativa Banco do Brasil (UniBB), que oferece bolsas de graduação, pós-graduação, idiomas e outras qualificações. (Fonte: Folha Dirigida)

Fonte: Sindicato dos Bancários de Ponta Grossa e Região

Inscrições para concurso do Banco do Brasil vão até o dia 5 de junho

Publicado em: 25/05/2023


O Banco do Brasil prorrogou as inscrições para o concurso que oferece 138 vagas para o dia 5 de junho. As inscrições do concurso Banco do Brasil Tecnologia (BBTS) começaram no dia 20 de março.

Do total de oportunidades, 20% serão para candidatos negros e mais 10% serão para Pessoas com Deficiência (PcD). As vagas estão espalhadas por diversos municípios do Brasil. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) foi escolhida para ser a banca organizadora.

As oportunidades do concurso possuem ganhos de R$ 2.184,73 para nível médio/técnico e de R$ 4.369,45 para nível superior. Todos deverão trabalhar por 40 horas semanais. Confira as oportunidades:

Nível médio/técnico (97 vagas)

Técnico – Perfil Atendimento
Técnico – Perfil Interno

Nível superior (41 vagas)

Analista – Perfil Tecnológico
Analista – Perfil Interno

Etapas

Todos os participantes serão submetidos a uma prova objetiva, que será realizada no dia 6 de agosto de 2023 (data provável retificada). As disciplinas e questões variam conforme o cargo:

Analista – Perfil Tecnológico

Língua Portuguesa: 10 questões;
Raciocínio Lógico-Matemático: 10 questões;
Matemática: 10 questões;
Noções de Estatística: 04 questões;
Conhecimentos Gerais: 06 questões;
Língua Inglesa: 06 questões;
Ciência de Dados: 04 questões;
Desenvolvimento de Sistemas: 06 questões;
Banco de Dados: 06 questões;
Infraestrutura Tecnológica: 04 questões;
Segurança da Informação: 04 questões.

Analista – Perfil Interno

Língua Portuguesa: 10 questões;
Raciocínio Lógico-Matemático: 10 questões;
Matemática: 10 questões;
Noções de Estatística: 04 questões;
Conhecimentos Gerais: 06 questões;
Administração e Políticas Públicas: 06 questões;
Administração Financeira e Orçamentária: 04 questões;
Noções de Economia: 05 questões;
Gestão Governamental: 06 questões;
Controle e Gestão: 04 questões;
Auditoria Governamental: 05 questões.

Técnico – Perfil Atendimento

Língua Portuguesa: 12 questões;
Raciocínio Lógico-Matemático: 12 questões;
Conhecimentos Gerais: 06 questões;
Noções básicas de Eletricidade e Eletrônica: 10 questões;
Manutenção de Computadores: 10 questões;
Arquitetura de Computadores: 08 questões;
Equipamentos de Automação Bancária: 08 questões;
Normas Regulamentadoras: 04 questões.

Técnico – Perfil Interno

Língua Portuguesa: 12 questões;
Raciocínio Lógico-Matemático: 12 questões;
Conhecimentos Gerais: 06 questões;
Informática Básica: 12 questões;
Noções de Administração: 08 questões;
Noções de Arquivologia: 06 questões;
Manutenção e Arquitetura de Computadores: 10 questões;
Normas Regulamentadoras: 04 questões.

Os cargos de nível superior ainda contarão com duas etapas extras. Uma prova discursiva (redação) deverá ser realizada no mesmo dia da avaliação objetiva. Além disso, está prevista uma prova de títulos. Ela considerará certificações e especializações.

Fonte: Primeira Página

Concurso Banco do Brasil tem 47,6% de abstenções em dia de prova

Publicado em: 26/04/2023


Cerca de 680 mil candidatos faltaram às provas do concurso Banco do Brasil. Segundo levantamento realizado pela Fundação Cesgranrio, organizadora, as abstenções corresponderam a 47,6% dos inscritos.

O percentual foi informado à Folha Dirigida, pelo BB, na noite da última terça-feira, 26. De acordo com a instituição bancária, o quantitativo está “dentro da média observada em concursos em geral”.

Realizadas no último domingo, 23 de abril, as provas do concurso foram aplicados em todo país, com cerca de 1,5 milhão de candidatos convocados.

Sem incidentes ao longo de todo dia, os exames foram realizados no período das 13h30 às 18h30. Os gabaritos preliminares foram divulgados na última segunda, 24, com prazo para recursos até a última terça, 25.

Conforme cronograma do edital, a imagem do cartão-resposta será liberada no dia 2 de junho. Já os resultados das provas objetivas e das notas preliminares da redação serão divulgados no dia 5 de junho.

O resultado final do concurso está previsto para o dia 14 de julho. Após a homologação, a seleção ficará válida por um ano, prorrogável por igual período.

Ao todo, o concurso Banco do Brasil conta com 6.525 vagas para o cargo de escriturário, de nível médio. O total de oportunidades sofreu alterações, após o BB acrescentar 525 postos para Pessoas com Deficiência (PcDs).

“O total de vagas reservadas às pessoas com deficiência aumentou de 5% para 12,5%, o que significa que serão acrescidas 299 vagas e 226 para formação de cadastro de reserva para provimento de vagas exclusivamente para pessoas com deficiência”, informou a vice-presidente Corporativo do BB, Ana Cristina Garcia.

Com a mudança, o perfil profissional de agente comercial passou a contar com 3.300 vagas, enquanto o agente de tecnologia teve a oferta elevada para 3.225 postos.

Os aprovados serão contratados em regime celetista. Os salários iniciais serão de R$5.436,03, sendo R$3.622,23 de vencimento, R$1.014,42 de auxílio-alimentação/refeição e R$799,38 de cesta alimentação.

Além disso, o Banco do Brasil oferecerá benefícios como participação nos lucros (geralmente paga duas vezes ao ano), planos de saúde e odontológico; previdência privada com participação do banco, auxílio-creche/babá e auxílio ao filho com deficiência.

Ao longo da carreira, os profissionais ainda poderão se capacitar por meio da Universidade Corporativa Banco do Brasil (UniBB), que oferece bolsas de graduação, pós-graduação, idiomas e outras qualificações.

Fonte: Folha Dirigida

 

Concurso Banco do Brasil: veja as notas de corte do certame de 2021

Publicado em:


As provas do concurso Banco do Brasil foram aplicadas no último domingo, 23 de abril, e o Direção Concursos calculou a nota de corte dos últimos certames para você que está interessado nesta oportunidade!

O certame 6 mil oferta oportunidades de nível médio para o cargo de Escriturário, com salário inicial de até R$ 3,1 mil, além de diversos benefícios.

Mas você sabe qual foi a nota de corte do concurso Banco do Brasil realizado em 2021? Confira abaixo!
Qual foi a nota de corte do último concurso Banco do Brasil?

Vale destacar que as avaliações do concurso Banco do Brasil 2021, foram compostas da seguinte forma:

Disciplinas

BÁSICOS
Português: 10 (valor de 1,5 cada)
Inglês: 5 (valor de 1 cada)
Matemática:5 (valor de 1,5 cada)
Atualidades do Mercado Financeiro: 5 (valor de 1 cada)

ESPECÍFICOS
Matemática Financeira: 5 questões (1,5 cada)
Conhecimentos Bancários: 10 (valor de 1,5 cada)
Informática: 15 (valor de 1,5 cada)
Vendas e Negociação: 15 (valor de 1,5 cada)

Ao todo, foram 100 ponto pontos máximos nas provas. Com isso, o Direção Concursos preparou uma análise da nota de corte do último certame do BB, dentro da ampla concorrência, e encontrou os seguintes dados:

Maior nota de corte: 85 (Rio de Janeiro – Microrregião 59)
Menor nota de corte: 58 (Amapá – Microrregião 10)
Média da nota de corte em todas as microrregiões: 73,26

Baseado nesses dados, também foi possível encontrar a média da nota de corte por cada uma das regiões brasileiras:

Nordeste
Vagas imediatas – 78
CR – 75,6

Norte
Vagas imediatas – 70,5
CR – 67,5

Centro – Oeste
Vagas imediatas – 71,5
CR – 67,3

Sudeste
Vagas Imediatas – 81,4
CR – 79,1

Sul
Vagas imediatas – 78,1
CR – 75

O gabarito da prova objetiva do concurso Banco do Brasil foi divulgado pela banca Cesgranrio nesta segunda (24/4). Agora, o candidato terá um prazo de dois dias para entrar com recurso contra alguma questão do certame.

Fonte: Contilnet Notícias

Concurso do BB tem quase 1,5 milhão de inscritos espalhados pelo país

Publicado em: 17/03/2023


O concurso do Banco do Brasil, para todos os estados e o Distrito Federal, recebeu quase 1 milhão e meio de inscrições no total. Foram mais de 1 milhão e 300 mil inscritos para as vagas de Escriturário – Agente Comercial e mais de 130 mil inscritos para as vagas de Escriturário – Agente de Tecnologia. Essa já é a segunda maior seleção externa da história do BB e é também a maior de tecnologia já realizada no país.

Dentre os inscritos, 53,75% são do sexo feminino e 77% têm até 35 anos de idade. A maioria dos candidatos elege a possibilidade de ascensão e carreira como o principal motivo para prestar o concurso do BB.

As inscrições terminaram no último dia 6 e a seleção será realizada para provimento de 2 mil vagas para Escriturário – Agente Comercial, mais mil de cadastro reserva, para atuação nas unidades de negócios, e outras 2 mil vagas de Escriturário – Agente de Tecnologia, mais mil de cadastro de reserva, com foco em Conhecimentos de TI.

Nesta seleção externa, o Banco do Brasil ampliou o número de vagas reservadas às pessoas com deficiência, de 5% para 12,5%. “A inclusão é uma frente importante, que enriquece nossas tomadas de decisão. Acreditamos nisso como um pilar importante da nossa gestão”, afirma Ana Cristina Garcia, vice-presidente corporativo do BB.

Com cada vez mais procura pelas vagas de Escriturário – Agente de Tecnologia, o Banco reforça sua aceleração digital e cultura de inovação. Em comparação com o último concurso, o número de inscritos triplicou para as vagas de TI. E cresce também o número de candidatos com formação superior. Nesta edição, considerando as vagas de Agente Comercial e de Tecnologia, tivemos mais de 16 mil com Mestrado ou Doutorado.

“O BB representa uma grande oportunidade de encarreiramento para os brasileiros. Não é à toa que os benefícios da empresa sempre atraem números surpreendentes de candidatos. A área de tecnologia, especialmente, conquista candidatos cada vez mais qualificados. Estamos com funcionários cada vez mais preparados e processos em constante aperfeiçoamento, para que os atendimentos e a experiência do cliente estejam sempre em evolução”, completa Ana Cristina.

A realização das provas está prevista para o dia 23 de abril de 2023.

Parceria leva cursos da Alura para os candidatos

Todos os candidatos inscritos no concurso terão acesso gratuito a cinco cursos exclusivos da Alura. Os cursos não estão diretamente vinculados ao conteúdo programático da prova, mas são um exemplo do incentivo que o BB dá a seus funcionários através de bolsas de estudo e acesso a milhares de cursos na Universidade Corporativa Banco do Brasil (UniBB). Os candidatos serão informados dessa oferta por e-mail.

Os cursos oferecidos são: Primeiros Passos em Lógica de Programação; Arquitetura de Computadores e Como Funciona um Programa de Computador; Aprender a Aprender e Técnicas para Lifelong Learning; Boas Práticas de Desenvolvimento de Carreira e Produtividade e Metas Pessoais

Benefícios

O BB oferece oportunidades de ascensão de carreira e desenvolvimento profissional, além da participação nos lucros e resultados da empresa. O funcionário em pleno exercício de suas atividades, de acordo com a legislação vigente, faz jus a vale-transporte, auxílio-creche, auxílio a filho com deficiência, previdência complementar, plano de saúde, plano odontológico básico e programas de educação e capacitação.

Quem faz parte do BB também tem acesso a bolsas de língua estrangeira e incentivos a graduação, pós-graduação latu sensu, mestrado, doutorado e programas de mentoria. A instituição oferece, ainda, o espaço UniBB – Universidade Corporativa Banco do Brasil, que contém cerca de 2 mil cursos autoinstrucionais em diversas áreas do conhecimento e promove eventos presenciais de capacitação.

Fonte: Banco do Brasil

BB prorroga prazo de inscrições de concurso público para 6 mil vagas

Publicado em: 27/02/2023


O Banco do Brasil (BBAS3) prorrogou o prazo de inscrições do concurso público para 6 mil vagas de escriturário. Inicialmente previsto para terminar nesta sexta-feira, 24, o prazo agora terá fim somente no dia 3 de março.

As vagas no concurso do Banco do Brasil são nas funções de Agente de Tecnologia e Agente Comercial, com remuneração inicial de R$ 3.622,23. No total, são 4 mil vagas imediatas no Banco do Brasil e mais 2 mil para cadastro de reserva, distribuídas da seguinte forma:

– 2 mil vagas de Escriturário – Agente de Tecnologia, mais mil de cadastro de reserva;
– 2 mil vagas para Escriturário – Agente Comercial, e outras mil de cadastro de reserva.

Há vagas disponíveis em dependências situadas em todos os Estados e no Distrito Federal. Os cargos exigem certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio.

Do total de vagas oferecidas, 5% são reservadas para pessoas com deficiência e 20% para candidatos que se autodeclaram negros.

Inscrições para o concurso do Banco do Brasil

A realização do concurso público é uma parceria do Banco do Brasil com a Fundação Cesgranrio. Para se inscrever, é preciso acessar a página da Fundação Cesgranrio. O link para o concurso do Banco do Brasil aparece em “Banco do Brasil- Prorrogação”.

A taxa de inscrição para o concurso é de R$ 50. As inscrições poderão ser realizadas até às 23h59 do dia 3 de março de 2023, no horário de Brasília.

No momento da inscrição, o candidato deverá escolher a UF/Macrorregião/Microrregião e a cidade de realização das provas.

A seleção será realizada por meio de provas objetivas e de redação, que terão duração de 5 horas. A previsão é de que as provas objetivas sejam aplicadas no dia 23 de abril.

As provas objetivas da prova do concurso do BB terão 70 questões de múltipla escolha, sendo 25 questões de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Atualidades do Mercado Financeiro) e 45 questões de Conhecimentos Específicos, de acordo com a vaga pretendida:

– Agente de Tecnologia: Probabilidade e Estatística, Conhecimentos Bancários e Tecnologia da Informação;

– Agente Comercial: Matemática Financeira, Conhecimentos Bancários, Conhecimentos de Informática e Vendas e Negociação.

É possível conferir mais informações sobre o concurso do Banco do Brasil na mesma página da Cesgranrio.

A validade do concurso será de um ano, a contar da data da homologação dos resultados finais, podendo ser prorrogada uma única vez por igual período.

A data prevista para a divulgação dos resultados finais do concurso do Banco do Brasil é 14 de julho.

Fonte: Suno

 

Concurso do Banco do Brasil: inscrições ficam abertas até o dia 24 de fevereiro

Publicado em: 16/02/2023


Restam pooucos dias para que os interessados se inscrevam no concurso do Banco do Brasil: o prazo termina em 24 de fevereiro, às 23h59 (de Brasília). As inscrições são recebidas pelo site www.cesgranrio.org.br. A taxa de participação custa R$ 38 — o período para solicitar isenção acabou em 9 de janeiro.

No total, estão em disputa 6 mil vagas de nível médio para escriturário em todo o país, nas funções de agente comercial e agente de tecnologia. A distribuição das oportunidades é a seguinte: agente comercial (2 mil imediatas, além de mil para cadastro reserva) e agente de tecnologia (2 mil imediatas, além de mil para cadastro reserva).

O edital disponibiliza postos para agente comercial em todos os 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. No caso de agente de tecnologia, as vagas são para trabalhar em Brasília e São Paulo.

O processo seletivo reserva 5% das oportunidades a pessoas com deficiência e 20% a candidatos que se autodeclararem negros, conforme determinam o Decreto 9.508/2018 e a Lei 12.990/2014, respectivamente.

A seleção é organizada pela Fundação Cesgranrio. Em caso de dúvidas, os candidatos podem obter mais informações com a banca por meio do telefone 0800 701 2028, além do e-mail concursos@cesgranrio.org.br.

Fonte: Jornal dos Concursos

 

Agente de TI para o concurso Banco do Brasil: salário quase dobra em 6 meses

Publicado em: 10/02/2023


Uma das funções contempladas para o concurso Banco do Brasil, que está com edital em andamento, é a de Agente de Tecnologia. O cargo exige apenas formação em nível médio e é uma das grandes oportunidades para o concurseiro que busca uma oportunidade.

Nesta matéria você encontra todos os detalhes sobre a progressão de carreira, vantagens e salários que quase dobram em seis meses de atuação.

De acordo com o edital de abertura do concurso Banco do Brasil, os salários iniciais foram estipulados nos valores de R$ 3.622,23. As jornadas são de 30 horas semanais, ou seja, 6 horas por dia.

A carreira de Agente de Tecnologia do BB inicia na aprovação no certame, onde o aprovado assume a função de escriturário.

Após três meses de estágio probatório segue para período de Trainee, de mais três meses, e a partir daí pode pleitear ascensão na carreira, a depender do desempenho. Confira a estrutura:

Se considerarmos o total cash, que é a soma dos benefícios que você pode receber por ano no cargo, as remunerações médias mensais são de:

Escriturário – R$ 8.719,62
Trainee – R$ 13.511,16
Assessor de TI III – R$ 15.767,89

Perceba que em um período de seis meses (de escriturário a assessor), os salários quase atingem o dobro do quantitativo.

Atenção: estes valores são referentes aos salários brutos e nestes cálculos estão compostas a remuneração fixa, possíveis bônus e outros benefícios.

Fonte: Direção Concursos

 

Banco do Brasil fará concurso para contratar PCD, determina TCU

Publicado em: 03/02/2023


Decisão unânime do Tribunal de Contas da União (TCU) determinou que o Banco do Brasil realize concurso público para a contratação de pessoas com deficiência (PCD). Isso acontece porque a estatal, segundo o órgão de controle, está em desconformidade com a Lei 8.213/1991, que estabelece uma cota mínima para esse público no quadro de funcionários das empresas, a depender do seu porte.

Dessa forma, o TCU determinou que a estatal realize um novo concurso público para o provimento de vagas e a formação de cadastro reserva exclusivamente para pessoas com deficiência, até que seja atingido o percentual mínimo de ocupação previsto em lei. A seleção poderá ser feita paralelamente ou alternadamente aos concursos gerais.

Além disso, o Banco do Brasil terá que divulgar em seu portal informações atualizadas sobre o total de postos de trabalho ocupados na entidade. No quadro informacional, deverá ser especificado o percentual ocupado por pessoas com deficiência, habilitadas, ou beneficiários reabilitados da Previdência Social.

A relatoria do processo foi do ministro Aroldo Cedraz. O plano de ação para a implementação das determinações deve ser encaminhado pela empresa ao TCU no prazo de 90 dias.
O que diz a lei:

O art. 93 da lei 8.213/1991 determina que empresas com 100 ou mais empregados estão obrigadas a preencher de 2% a 5% dos seus cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas portadoras de deficiência, habilitadas. A obrigação segue esta proporção:

  • Para empresas com até 200 empregados: 2%
  • Para empresas com 201 a 500 empregados: 3%
  • Para empresas com 501 a 1.000 empregados: 4%
  • Para empresas 1.001 ou mais funcionários: 5%.

Fonte: Metrópoles

 

Concurso do Banco do Brasil tem 37 vagas para municípios do Sul de Minas

Publicado em:


O concurso público do Banco do Brasil está com 37 vagas abertas para a macrorregião de Pouso Alegre/Poços de Caldas e Varginha. Ao todo no país, são 6 mil vagas, quatro mil delas para início imediato. As inscrições estão abertas desde o dia 23 de dezembro de 2022 e serão encerradas em 24 de fevereiro de 2023. Para se candidatar é necessário ensino médio completo.

As inscrições podem ser feitas até 24 de fevereiro, na página da Fundação Cesgranrio, e custam R$ 50. As provas serão aplicadas em 23 de março em Pouso Alegre, Poços de Caldas e Varginha.

Para a microrregião de Pouso Alegre/ Poços de Caldas há 20 vagas abertas nas cidades de Bom Repouso, Borda Da Mata, Botelhos, Caldas, Cambuí, Estiva, Extrema, Heliodora, Inconfidentes, Lambari, Maria da Fé, Monte Sião, Passa Quatro, Poços De Caldas, Pouso Alegre e Silvanópolis.

Há 17 vagas para a microrregião de Varginha, que compreende as seguintes cidades: Alpinópolis, Alterosa, Bom Jesus Da Penha, Cabo Verde, Campo Do Meio, Coqueiral, Elói Mendes, Guapé, Itamogi, Jacuí, Monte Belo, Nova Resende, Santana Da Vargem, São Pedro Da União e Varginha.

O salário inicial é de R$ 3.622,23. Entre os benefícios estão: participação nos lucros ou resultados; vale-transporte; auxílio-creche; ajuda alimentação/refeição; auxílio a filho com deficiência; previdência complementar; acesso à plano de saúde, plano odontológico básico e à programas de educação e capacitação.

Fonte: Portal da Cidade

Concurso Banco do Brasil terá convocações a partir de julho

Publicado em: 27/01/2023


O concurso Banco do Brasil, que oferece 6 mil vagas para escriturário, cargo de nível médio completo, será concluído no dia 14 de julho. Os aprovados, no entanto, não terão que esperar muito tempo por suas chamadas.

Segundo informou o diretor de Gestão da Cultura e de Pessoas do BB, Thiago Borsari, à Folha Dirigida, as convocações serão imediatas. A previsão é de que as primeiras chamadas ocorram já a partir de julho. “As chamadas ocorrerão a partir do segundo semestre de 2023”, disse o diretor.

Ainda segundo ele, por ano, em média, 2 mil funcionários se aposentam no Banco do Brasil. Desta forma, o BB se prepara para convocar os candidatos aprovados, na medida em que surgirem oportunidades, e, durante a validade do concurso. “No caso de surgimento de novas vagas, os candidatos do cadastro de reserva também poderão ser convocados”, confirmou o diretor do BB.

Vale lembrar que, no edital de 2021, todos os aprovados foram convocados logo no primeiro e único ano de validade da seleção. Diante da celeridade nas chamadas, o BB não prorrogou o prazo por mais um ano, como era permitido. Com seu histórico e saídas anuais, tudo indica que a convocação irá incluir o cadastro de reserva, podendo, inclusive, preencher todas as 6 mil vagas ofertadas.

Em relação à lotação dos aprovados, o diretor já adiantou que, conforme previsto no edital, o candidato, ao se inscrever em determinada região, estará vinculado ao estado, macro e microrregião escolhidos, sendo estes usados nos critérios de classificação e contratação.

Conforme o novo edital, os aprovados terão ganhos iniciais de R$ 5.436,03, sendo R$ 3.622,23 de vencimento inicial, R$1.014,42 de auxílio-alimentação/refeição e R$799,38 de cesta alimentação, além dos seguintes benefícios:

  • participação nos lucros (geralmente paga duas vezes ao ano);
  • planos de saúde e odontológico;
  • previdência privada com participação do banco;
  • auxílio-creche/babá; e
  • auxílio ao filho com deficiência.

Ao ingressar no banco, o acúmulo de cargos públicos será permitido apenas para o cargo de professor, desde que exista a compatibilidade de horários. Além disso, outros trabalhos, na iniciativa privada ou como freelancer, poderão ser realizados, desde que não haja conflito de interesse e de carga horária.

Concurso Banco do Brasil oferece 6 mil vagas

Ao todo, o concurso do Banco do Brasil oferece 6 mil vagas para escriturário, cargo que exige o nível médio completo. Assim como a última seleção, a atual tem abrangência nacional, ou seja, permite que o candidato escolha o local de trabalho. Há oportunidades nos 26 estados do país, além do Distrito Federal (confira aqui as vagas por estado).

Além disso, as vagas de escriturário estão distribuídas por dois perfis profissionais, sendo 3 mil para cada um deles:

  • agente comercial (escriturário tradicional) – profissional que atua no banco, principalmente no atendimento ao cliente, e conta com postos em todas as agências do país;
  • agente de tecnologia (escriturário voltado para a área de TI) – profissional que atua na área de TI, com conhecimentos específicos, e exerce tal função no Distrito Federal, em Brasília.

As inscrições para o concurso Banco do Brasil devem ser realizadas até o dia 24 de fevereiro, no site da Fundação Cesgranrio . A taxa é de R$50.

Vagas para PCD

O TCU – Tribunal de Contas da União recomenda ao Banco do Brasil que realize uma nova seleção exclusivamente para pessoas com deficiência. Consta num relatório do Tribunal que o Banco do Brasil tem em seus quadros de servidores menos de 2% de vagas ocupadas por pessoas com deficiência. De acordo com a legislação brasileira a instituição deve ter acima de 5% de vagas destinadas ao segmento.

A nova seleção deve ser feita após a divulgação do parecer do Tribunal, que atendeu a um demanda apresentada pelo procurador Sérgio Ricardo Costa Caribé, do Ministério Público de Contas.

Houve uma apelação da instituição para contestar a determinação do órgão, com o argumento de que não seria obrigada a abrir novo concurso sem necessidade de pessoal, apenas para atender a determinado dispositivo. O Tribunal não acolheu a posição do banco e a instituição terá um prazo de 90 dias, contados do recebimento da notificação, para cumprir a determinação do TCU.

O Ministro Aroldo Cedraz, relator do processo, afirmou que “havendo concurso específico para PCDs, além de se direcionar esforços reais e factíveis à realização do comando institucional, não se criam expectativas de direito em terceiras pessoas não alcançadas pelo edital dos PCDs”.

Fonte: Folha Dirigida

Concurso Banco do Brasil: saídas anuais favorecem convocação geral

Publicado em: 20/01/2023


O concurso Banco do Brasil está com inscrições abertas para o preenchimento de 6 mil vagas de nível médio. Deste total, 2 mil são para a formação de um cadastro reserva. Apesar do uso do cadastro de reserva não ser obrigatório, tudo indica que ocorrerá uma convocação geral, como aconteceu no concurso de 2021 do BB.

Isso porque, segundo o diretor de Gestão da Cultura e de Pessoas do BB, Thiago Borsari, por ano, em média, 2 mil funcionários se aposentam no Banco do Brasil.

Desta forma, o BB se prepara para convocar os candidatos aprovados, na medida em que surgirem oportunidades, e, durante a validade do concurso. As primeiras chamadas ocorrerão a partir do segundo semestre deste ano. “No caso de surgimento de novas vagas, os candidatos do cadastro de reserva também poderão ser convocados”, confirma o diretor do BB.

Vale lembrar que, no edital de 2021, todos os aprovados foram convocados logo no primeiro e único ano de validade da seleção. Diante da celeridade nas convocações, o BB não prorrogou o prazo por mais um ano, como permitia o edital.

Com seu histórico e saídas anuais, tudo indica que a convocação irá incluir o cadastro de reserva, podendo, inclusive, preencher todas as 6 mil vagas ofertadas.

Concurso Banco do Brasil oferece 6 mil vagas

Ao todo, o concurso do Banco do Brasil oferece 6 mil vagas para escriturário, cargo que exige o nível médio completo. Assim como a última seleção, a atual tem abrangência nacional, ou seja, permite que o candidato escolha o local de trabalho. Há oportunidades nos 26 estados do país, além do Distrito Federal (confira aqui as vagas por estado).

Além disso, as vagas de escriturário estão distribuídas por dois perfis profissionais, sendo 3 mil para cada um deles:

agente comercial (escriturário tradicional) – profissional que atua no banco, principalmente no atendimento ao cliente, e conta com postos em todas as agências do país;

agente de tecnologia (escriturário voltado para a área de TI) – profissional que atua na área de TI, com conhecimentos específicos, e exerce tal função no Distrito Federal, em Brasília.

As inscrições para o concurso Banco do Brasil devem ser realizadas até o dia 24 de fevereiro, no site da Fundação Cesgranrio . A taxa é de R$50.

Saiba tudo sobre a seleção do BB

Órgão: Banco do Brasil
Cargos: escriturário
Vagas: 6 mil
Requisito: nível médio
Remuneração: R$5.436,03
Banca: Fundação Cesgranrio
Inscrições: de 23 de dezembro a 24 de fevereiro
Provas: 23 de abril

Concurso Banco do Brasil terá provas em abril

Os candidatos do concurso Banco do Brasil 2023 serão avaliados por meio de provas objetivas e uma redação. Os exames terão cinco horas de duração e ocorrerão no dia 23 de abril.

O exame contará com 70 questões, sendo 25 de Conhecimentos Básicos e 45 de Conhecimentos Específicos. Já as disciplinas irão variar de acordo com o perfil profissional escolhido (agente comercial ou de tecnologia).

Fonte: Folha Dirigida

Concurso Banco do Brasil deve atrair até 1,5 milhão de candidatos

Publicado em: 16/01/2023


Com inscrições abertas até o dia 24 de fevereiro, o concurso Banco do Brasil oferece 6 mil vagas para escriturário, cargo que exige o nível médio completo. Para falar sobre a seleção, Folha Dirigida entrevistou o diretor de Gestão da Cultura e de Pessoas do BB, Thiago Borsari.

Nesta entrevista, ele tira dúvidas sobre a realização das provas e a possibilidade de acumulação de cargos no banco, além de falar sobre as expectativas do BB em relação ao número de inscritos e convocação de aprovados.

Segundo, Thiago Borsari, por ano, em média, 2 mil funcionários se aposentam no Banco do Brasil.

Desta forma, o BB se prepara para convocar os candidatos aprovados, na medida em que surgirem oportunidades, e, durante a validade do concurso. As primeiras chamadas ocorrerão a partir do segundo semestre deste ano.

“No caso de surgimento de novas vagas, os candidatos do cadastro de reserva também poderão ser convocados”, confirma o diretor do BB.

Vale lembrar que, no edital anterior, publicado em 2021, todos os aprovados foram convocados logo no primeiro e único ano de validade. Diante da celeridade nas convocações, o BB não prorrogou o prazo por mais um ano, como permitia o edital.

Apesar de ter convocado mais de 4 mil aprovados no edital de 2021, um novo concurso é realizado pelo BB. Segundo o diretor, isso ocorre em meio à necessidade de ampliar os quadros.

“É necessário somar novos talentos ao nosso time qualificado e ampliar o número de funcionários com competências digitais desenvolvidas. Por isso, neste concurso, temos oportunidades para atuação como agente comercial ou agente de tecnologia”, explica o diretor.

Ainda segundo o diretor, o BB não conta com uma quantidade limite de vagas definida por lei. Atualmente, cerca de 18 mil escriturários atuam no banco.

O novo concurso também ocorre em um momento em que o BB busca novos funcionários com competências digitais e conhecimentos em TI, assim como para o relacionamento e negócios.

“Uma estratégia do BB para manter-se competitivo em um cenário com fintechs, startups, e empresas de diversos outros segmentos que estão se valendo da tecnologia digital para conquistar espaço no mercado financeiro”, explica o diretor.

Dúvidas sobre as provas e lotação dos aprovados 

Com a abertura de mais um concurso Banco do Brasil, concurseiros de todo país ainda têm dúvidas sobre a realização das provas e lotação dos aprovados.

Questionado sobre a possibilidade de um candidato realizar a avaliação em uma cidade/estado que não a escolhida para lotação, Thiago Borsari explica que não existe esta opção.

“Os locais onde os candidatos farão as provas está relacionado à UF/macrorregião/microrregião escolhida no momento da inscrição”, explica o diretor.

Já em relação à lotação destes aprovados, o diretor explica que, conforme previsto no edital, o candidato, ao se inscrever em determinada região, estará vinculado ao estado, macro e microrregião escolhidos, sendo estes usados nos critérios de classificação e contratação.

Concurso pode ter recorde de inscritos

Com uma oferta de vagas superior ao edital de 2021, o novo concurso Banco do Brasil pode atrair mais de 1,5 milhão de inscritos, número registrado na seleção anterior.

Caso consiga, este será o maior concurso da história do país. “Com a oferta significativa de vagas, em especial na área de Tecnologia, acreditamos que essa marca poderá ser ultrapassada”, diz Thiago Borsari.

Em relação à oferta de vagas, o diretor de Gestão da Cultura e de Pessoas do BB ressalta que, diferente do último edital, o novo conta com oportunidades para a área de TI também em São Paulo.

Na edição de 2021, as vagas para este setor foram destinadas apenas para Brasília DF. A inclusão do Estado de São Paulo ocorre, segundo o diretor, porque a Diretoria de Tecnologia possui parte de uma de suas gerências na capital paulista.

Crescimento no BB e possibilidade de acumulação de cargos

O cargo de escriturário é o primeiro passo dentro do Banco do Brasil, mas, após o ingresso, o BB oferece diversas formas de crescimento interno.

Segundo Thiago Borsari, o crescimento profissional é baseado na meritocracia, que resulta do bom desempenho das atividades, cumprimento de metas e análise curricular, e ocorre por meio de sistema de recrutamento de talentos e seleções internas.

“Há incentivo constante para o desenvolvimento profissional realizado pela Universidade Corporativa do Banco do Brasil (UniBB), além do bom desempenho e análise curricular. Temos cerca de 94 funções no rol do Plano de Funções do BB e reconhecemos em ascensão em torno de 16.500 talentos por ano, ou seja, os novos colegas podem esperar muitas oportunidades de crescimento profissional dentro do BB”, explica o diretor de Pessoas do banco.

Desta forma, por meio de processos seletivos internos abertos a todos, o banco oferece oportunidades de ascensão, desde os primeiros cargos da carreira até os de liderança.

“Existem inúmeras oportunidades para o funcionário atuar em sua área de formação e interesse, em setores específicos como Gestão de Pessoas, Jurídico, Marketing, entre outros. Inclusive, já tivemos diversos presidentes que ingressaram como escriturários e construíram toda sua carreira dentro do banco”, diz.

Conforme o novo edital, os aprovados terão ganhos iniciais de R$5.436,03, sendo R$3.622,23 de vencimento inicial, R$1.014,42 de auxílio-alimentação/refeição e R$799,38 de cesta alimentação, além dos seguintes benefícios:

  • participação nos lucros (geralmente paga duas vezes ao ano);
  • planos de saúde e odontológico;
  • previdência privada com participação do banco;
  • auxílio-creche/babá; e
  • auxílio ao filho com deficiência.

Ao ingressar no banco, o acúmulo de cargos públicos será permitido apenas para o cargo de professor, desde que exista a compatibilidade de horários.

Além disso, outros trabalhos, na iniciativa privada ou como freelancer, poderão ser realizados, desde que não haja conflito de interesse e de carga horária.

“Se você se identifica com o nosso propósito de ser próximo e relevante na vida das pessoas em todos os momentos e deseja fazer parte de uma das melhores empresas para se trabalhar, não perca essa oportunidade!”, conclui o diretor de Pessoas do BB.

Fonte: Folha Dirigida

 

Concurso do Banco do Brasil concentra maioria das vagas em São Paulo

Publicado em: 06/01/2023


O concurso do Banco do Brasil está com inscrições abertas para 6 mil vagas de escriturário em todo o país, das quais 4 mil imediatas e 2 mil para cadastro reserva (CR). Estado brasileiro mais populoso, São Paulo concentra a maioria dos postos com lotação predefinida (veja os números mais abaixo).

Há opções de nível médio para atuação em duas funções: agente comercial (2 mil oportunidades imediatas e outras mil para CR) e agente de tecnologia (2 mil imediatas e outras mil para CR) — a primeira conta com ofertas espalhadas pelas 27 unidades da Federação, enquanto a segunda disponibiliza chances apenas para Brasília (DF) e a capital paulista.

No caso de agente comercial, a seleção reúne 429 vagas imediatas e 231 para CR no estado de São Paulo, totalizando 660 oportunidades. Já para agente de tecnologia, o edital não especifica a distribuição dos postos entre a capital federal e o município de São Paulo — a alocação dos aprovados será definida pelo próprio banco.

No momento da inscrição, os candidatos a agente comercial devem informar a localidade de interesse para trabalhar: são 56 macrorregiões que abrangem 157 microrregiões de todo o território brasileiro. Os concorrentes a agente de tecnologia, por sua vez, poderão escolher apenas a cidade de realização das provas.

O processo seletivo reserva 5% das oportunidades a pessoas com deficiência e 20% a candidatos que se autodeclararem negros, conforme determinam o Decreto 9.508/2018 e a Lei 12.990/2014, respectivamente.

Iniciadas em 23 de dezembro do ano passado, as inscrições ficam abertas até 24 de fevereiro, pelo site www.cesgranrio.org.br. A taxa de participação custa R$ 50 — o prazo para quem pretende solicitar isenção foi prorrogado até 9 de janeiro.

Quando o candidato for se inscrever deverá escolher a região e a cidade de realização das provas. consequentemente o inscrito estará automaticamente vinculado ao local para fins de classificação e de contratação. A seleção é composta por provas objetivas e de redação. Ambos os exames serão aplicados em 23 de abril de 2023. Os candidatos terão 5 horas para responder as avaliações.

Distribuição das vagas para agente comercial

Acre: 20 imediatas + 6 para cadastro reserva
Alagoas: 31 imediatas + 2 para cadastro reserva
Amapá: 13 imediatas + 4 para cadastro reserva
Amazonas: 32 imediatas + 10 para cadastro reserva
Bahia: 149 imediatas + 21 para cadastro reserva
Ceará: 51 imediatas + 6 para cadastro reserva
Distrito Federal: 54 imediatas + 211 para cadastro reserva
Espírito Santo: 26 imediatas + 5 para cadastro reserva
Goiás: 55 imediatas + 9 para cadastro reserva
Maranhão: 70 imediatas + 12 para cadastro reserva
Mato Grosso: 50 imediatas + 27 para cadastro reserva
Mato Grosso do Sul: 34 imediatas + 20 para cadastro reserva
Minas Gerais: 172 imediatas + 92 para cadastro reserva
Pará: 72 imediatas + 15 para cadastro reserva
Paraíba: 42 imediatas + 4 para cadastro reserva
Paraná: 152 imediatas + 127 para cadastro reserva
Pernambuco: 72 imediatas + 32 para cadastro reserva
Piauí: 39 imediatas + 7 para cadastro reserva
Rio de Janeiro: 136 imediatas + 55 para cadastro reserva
Rio Grande do Norte: 26 imediatas + 6 para cadastro reserva
Rio Grande do Sul: 118 imediatas + 47 para cadastro reserva
Rondônia: 27 imediatas + 15 para cadastro reserva
Roraima: 9 imediatas + 3 para cadastro reserva
Santa Catarina: 78 imediatas + 26 para cadastro reserva
São Paulo: 429 imediatas + 231 para cadastro reserva
Sergipe: 20 imediatas + 2 para cadastro reserva
Tocantins: 23 imediatas + 5 para cadastro reserva

Qual o salário de um escriturário do Banco do Brasil?

Os ocupantes do cargo recebem R$ 3.622,23, além de auxílio alimentação/refeição de R$ 1.014,42 e cesta alimentação no valor de R$ 799,38, totalizando R$ 5.436,03. A instituição financeira ainda oferece outros atrativos, entre eles:

  • participação nos lucros ou resultados;
  • vale-transporte;
  • auxílio-creche;
  • auxílio a filho com deficiência;
  • previdência complementar;
  • acesso a plano de saúde e odontológico;
  • acesso a programas de educação e capacitação;
  • bolsas de idiomas;
  • incentivos para graduação e pós-graduação;
  • possibilidade de ascensão profissional.

Fonte: Jornal dos Concursos com Correio Braziliense

Concurso Banco do Brasil: próximo edital terá reajuste salarial

Publicado em: 27/11/2022


Nos planos da instituição, o próximo concurso Banco do Brasil contará com um atrativo salarial. Isso porque os ganhos iniciais foram reajustados em setembro deste ano.

Segundo o BB, o salário base do escriturário passou de R$3.022,37 para R$3.622,23. Além disso, os benefícios que acompanham a carreira também foram reajustados.

Neste caso, o auxílio-alimentação/refeição passou de R$831,16 para R$1.014,42, enquanto a cesta alimentação foi de R$654,87 para R$799,38.

Desta forma, os ganhos iniciais foram elevados de R$4.508,40 para R$5.436,03, ou seja, um aumento de R$927,63.

Para os escriturários que já atuam no banco, em novembro deste ano, está previsto ainda o pagamento adicional a título de 13ª cesta. Este é um dos diversos benefícios oferecidos pelo banco, que conta ainda com:

  • participação nos lucros (geralmente paga duas vezes ao ano);
  • planos de saúde e odontológico;
  • previdência privada com participação do banco;
  • auxílio-creche/babá; e
  • auxílio ao filho com deficiência.

O BB contrata pelo regime celetista e é conhecido ainda por capacitar os seus funcionários, por meio da Universidade Corporativa Banco do Brasil (UniBB), oferecendo assim bolsas de graduação, pós-graduação, idiomas e mais.

Concurso BB pode ter edital a partir de agosto de 2023

Nos planos da instituição, o concurso Banco do Brasil pode ter o seu novo edital publicado já a partir de agosto de 2023. A previsão considera o histórico do banco. Em março de 2018, o BB publicou um edital com 60 vagas para escriturários. Na época, a seleção teve como foco a área de Tecnologia da Informação (TI).

O concurso foi homologado em julho do mesmo ano, ficando válido por 12 meses, ou seja, até julho de 2019. No final daquele ano, uma nova seleção já estava sendo planejada, tendo previsão de abertura para março de 2020.

Desta forma, entre o término do prazo de validade do concurso de 2018 e o anúncio de um novo edital, o BB levou pouco mais de seis meses.

A nova seleção, no entanto, seria aberta oito meses após o término da validade. Ou seja, em março de 2020. O processo não ocorreu como esperado devido à pandemia de Covid-19, que teve início no mês previsto para a publicação do edital.

Desta forma, caso os trâmites para o próximo edital tenham o mesmo andamento, tudo indica que o próximo concurso Banco do Brasil será aberto a partir de agosto de 2023.

Isso porque o último edital não terá o seu prazo de validade prorrogado. Com a decisão, o processo será encerrado em dezembro deste ano.

Com os próximos oito meses sendo destinados à preparação do novo edital, o concurso poderá ser aberto já a partir de agosto do ano que vem.

Nesse período, os próximos passos para a abertura do concurso Banco do Brasil serão:

  • autorização de novo edital dada pelo Conselho Administrativo do Banco do Brasil;
  • levantamento das necessidades, por parte do setor de Recursos Humanos;
  • possível realização de um concurso de remoção interno ou Programa de Demissão Voluntária (PDV) – tal etapa costuma ocorrer antes de um edital, mas não é uma regra para que a seleção seja realizada;
  • levantamento da distribuição das vagas por estados/cidades/agências;
  • formalização dos trâmites com a banca organizadora; e publicação do edital

Fonte: Folha Dirigida

 

Concurso Banco do Brasil: extrato confirma FGV como banca

Publicado em: 19/09/2022


Foi publicado na semana passada o extrato de contrato com a banca do concurso Banco do Brasil, para área de Tecnologia e Serviços, com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), banca que ficará responsável pelo novo edital.

O edital é aguardado desde 2020, quando a portaria nº 15.964 foi publicada, fixando o quantitativo do setor para 3.205 vagas.

Ainda não há mais informações sobre vagas e especialidades que serão ofertadas pelo edital, mas com o extrato de contrato publicado, a expectativa é de que o edital seja publicado em breve.

Conforme divulgado pelo próprio banco, o salário inicial dos cargos são de:

  • Técnico Administrativo – R$ 1.814,82
  • Analista Administrativo – R$ 3.629,65
  • Técnico de Operações – R$ 2.144,78
  • Analista de Operações – R$ 4.718,51

O último concurso Banco do Brasil para área foi realizado em 2015. Organizado pelo Instituto Quadrix, o edital foi destinado ao preenchimento de diversas oportunidades para os cargos de Analista de Operações, Técnico de Operações (especialidade de Equipamentos) e Técnico Administrativo (área Administrativa).

Os candidatos, à época, foram avaliados em até 4 etapas, sendo:

  • Prova objetiva (de caráter eliminatório e classificatório);
  • Prova de títulos (de caráter classificatório e aplicada somente para cargos de nível superior);
  • Entrega de documentos (de caráter eliminatório); e
  • Exame médico (de caráter eliminatório).

Fonte: Direção Concursos

 

Banco do Brasil conclui convocação dos aprovados no concurso

Publicado em: 12/09/2022


O Banco do Brasil (BB) convocou os 4.479 aprovados do seu último concurso, 2021/001, seguindo o cronograma da seleção cujo processo finalizou em dezembro do ano passado. Os novos funcionários assumiram na área de tecnologia do BB, como agentes de TI, e em agências de todos os estados do país e no Distrito Federal, como agentes comerciais.

O processo de admissão dos novos funcionários vem sendo feito, em grande parte, de forma digital, por meio de site e de um chatbot que trata de diversos temas relacionados às políticas e processos de gestão de pessoas no Banco do Brasil. Trata-se do WhatsApp BB Funci, canal de quem já trabalha na empresa e também disponibilizado aos candidatos convocados no concurso. Os novos funcionários têm acesso a um conteúdo exclusivo para apoio à documentação e procedimentos de posse, podendo inclusive, conversar com um especialista no atendimento humano.

A formação dos novos funcionários inicia no primeiro dia de trabalho, quando presencialmente são apresentados à equipe onde irão trabalhar, e participam do evento on-line Tô on no BB. Nesse evento, os novos colegas são recepcionados pelo board da empresa, conhecem a política de gestão de pessoas do BB, e recebem detalhes dos benefícios aos funcionários, como acesso à previdência complementar (Previ) e assistência de saúde (Cassi).

Após a live de posse são iniciadas as jornadas de aprendizagem — Jornada Tô on no BB, onde são apresentados os temas fundamentais para a chegada dos novos colegas ao time BB, como estratégia corporativa, arquitetura organizacional e de governança, cultura do BB, e também temas que conversarão mais diretamente com as funções que serão exercidas no local de trabalho, como cliente-centrismo, criatividade e inovação, comunicação, comunicação não violenta, entre outros. Na sequência, são apresentados temas específicos para os funcionários que possessão alocadas na rede de agências e para os funcionários que atuarão diretamente nas áreas de TI.

“Não se muda a cultura organizacional de uma empresa somente por meio do discurso. Ela se dá por meio de práticas diárias e é um compromisso assumido por todos, desde o presidente da empresa, passando pelos gestores e chegando a todos os funcionários. Nesse sentido, foi criado um movimento de transformação cultural #éagentequetransforma, com o objetivo de impulsionar e envolver todos os funcionários nessa jornada evolutiva, inclusive com os desafios da transformação digital”, destaca Thiago Borsari, diretor de gestão da cultura e de pessoas do BB.

Foram aprovados no último concurso 4.500 candidatos, sendo que 2.977 já tomaram posse. Segundo o Banco, os outros 849 devem ser empossados ainda em 2022. Ele também evidencia que houve 300 desistências, 90 pedidos de demissão após a posse e 32 demissões no período de experiência.

Maior concurso da história

Consoante a banca organizadora, a Fundação Cesgranrio, foram 1.645.975 inscrições para 4.480 vagas de escriturário, ofertadas, tornando este certame o concurso com mais concorrentes da história do Brasil. Ele foi lançado em 2021, as chances são distribuídas da seguinte forma:

  • 2 mil vagas para Escriturário – agente comercial, mais 2 mil de cadastro reserva, para atuação nas unidades de negócios;
  • 240 vagas de Escriturário – agente de tecnologia, e outras 240 de cadastro de reserva, com foco em Conhecimentos de TI.

O concurso foi composto de aplicação de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, prova de redação, de caráter eliminatório, aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos pretos ou pardos e procedimentos admissionais e perícia médica.

Fonte: Correio Brazilliense

BB convoca 2.560 aprovados do concurso 2021; 120 deles já tomaram posse

Publicado em: 04/02/2022


O Banco do Brasil iniciou o ano de 2022 convocando 2.560 aprovados do concurso 2021/001, cujo processo finalizou em dezembro. Desses, 120 já tomaram posse nesta segunda-feira, 31 de janeiro, em agências de quase todos os estados do país e no Distrito Federal.

No Distrito Federal, uma cerimônia realizada no Edifício Banco do Brasil, simbolizou o início da vida profissional de alguns dos novos funcionários do BB e contou com a participação do presidente Fausto Ribeiro.

“Temos que focar nosso relacionamento com proximidade com nossos clientes, aumentando nossa rentabilidade e com foco em sermos cada vez mais digitais. Isso reforça valores importantes como atuar com senso de dono e colaboração, com foco em resultados que geram valor aos nossos clientes e sociedade, de modo eficiente e com espírito público. Sempre com ética e compliance, que são a base da nossa confiança. E tudo isso, claro, com muito amor à camisa, o nosso orgulho de ser BB”, destaca Fausto.

Durante a cerimônia, ele ressaltou ainda que o BB está vindo de três resultados recordes consecutivos e da recente conquista de mais uma certificação Top Employer, que reconhece o Banco como uma das melhores empresas para se trabalhar do Brasil. “Desfrutem do conhecimento e da experiência dos seus novos colegas. Realmente um cenário maravilhoso para impulsionar o trabalho deste time vencedor e para vencermos juntos os próximos desafios”, aconselhou o presidente do BB.

A previsão é que os demais candidatos aptos para posse ingressem no Banco nos dias 7 e 14 de fevereiro. Fazem parte desse primeiro grupo 2.240 aprovados (sendo 2 mil agentes comerciais e 240 agentes de TI) e outros 320 do cadastro de reserva (300 agentes comerciais e 20 agentes de TI).

A convocação dos candidatos classificados ocorre por meio da plataforma digital www.bb.com.br/concurso. Nesse site, é possível acessar todas as informações necessárias para a convocação e contratação. Caso o candidato prefira, também há a opção de buscar informações e sanar dúvidas pelo WhatsApp, no número (61) 4003-5291.

Maior concurso da história

O concurso 2021/001 do BB foi o maior concurso do país, com mais de 1,6 milhão de inscritos. A seleção foi realizada para provimento de 2 mil vagas para Escriturário – Agente Comercial, mais 2 mil de cadastro reserva, para atuação nas unidades de negócios em todo o país, e outras 240 vagas de Escriturário – Agente de Tecnologia, mais 240 de cadastro de reserva, com foco em Conhecimentos de TI para atuação em Brasília.

O prazo de validade da seleção externa é de um ano, a contar da data de publicação do Edital de Homologação dos resultados, podendo ser prorrogada, uma única vez, por igual período.

Fonte: Banco do Brasil

 

Banco do Brasil começa a convocar aprovados em concurso do ano passado

Publicado em: 13/01/2022


O Banco do Brasil iniciou no dia 5 de janeiro a convocação de candidatos aprovados no concurso 2021/001. O primeiro colocado de cada microrregião para o cargo de escriturário – agente comercial foi chamado para assumir seu cargo. Ao todo, 93 candidatos estão entre os selecionados.

De acordo com o banco, os outros classificados no concurso devem ser convocados nos próximos dias, assim como os aprovados para escriturário – agentes de tecnologia, sendo respeitado o número de vagas. O e-mail e o endereço utilizados para chamamento são os informados pelo(a) candidato(a) no momento da inscrição.

Quem precisar atualizar os dados de cadastro pode obter informações pelo WhatsApp BB (61) 4003-5291, ou de modo presencial, junto ao gestor da agência para a qual foi convocado. Em relação aos classificados para o cadastro de reserva, a expectativa é que as convocações tenham início no segundo semestre de 2022, considerando as necessidades do Banco do Brasil.

Os aprovados podem consultar informações sobre o andamento das convocações e demais conteúdos sobre o concurso pelo site. Mais de 1,6 milhão de pessoas se inscreveram. A seleção foi realizada para 2 mil vagas de escriturário – agente comercial, 2 mil de cadastro reserva, para atuação nas unidades de negócios em todo o país, 240 vagas de escriturário – agente de tecnologia, mais 240 de cadastro de reserva, com foco em conhecimentos de Tecnologia da Informação para atuação em Brasília.

Os candidatos serão chamados conforme a classificação obtida na microrregião/macrorregião/UF e o prazo de validade da seleção externa, que é de um ano, a contar da data de publicação do Edital de Homologação dos resultados, podendo ser prorrogada, uma única vez, por igual período.

Fonte: Portal UOL

Banco do Brasil abrirá em breve novo concurso na área de Tecnologia

Publicado em: 11/11/2021


Após a divulgação da lista de aprovados no concurso do Banco do Brasil , a BB Tecnologia, empresa ligada à instituição, também deve abrir o seu próprio edital. O braço do banco público, inclusive, já divulgou um projeto básico – documento necessário para início do processo de escolha da banca organizadora. Ainda não há uma data para o início das incrições.

Embora o número de vagas também não tenha sido definido, já se sabe que a seleção será para os cargos de técnico e analista, com exigências de ensino médio e nível superior. O documento antecipa que a duração do contrato deverá ser de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez, pelo mesmo período. No último concurso, realizado em 2015, as remunerações iniciais variaram de R$ 2.119 a R$ 4.672.

O projeto básico também informa que o concurso terá abrangência nacional. A BB Tecnologia tem sede nos seguintes locais:

Região Sudeste

São Paulo (SP)
Bauru (SP)
Campinas (SP)
Ribeirão Preto (SP)
Vitória (ES)
Belo Horizonte (MG)
Uberlândia (MG)
Barra do Piraí (RJ)
Rio de Janeiro (RJ)

Região Norte

Manaus (AM)
Belém (PA)
Porto Velho (RO)
Palmas (TO)

Região Sul

Curitiba (PR)
Londrina (PR)
Passo Fundo (RS)
Porto Alegre (RS)
Florianópolis (SC)
Joinville (SC)

Região Centro Oeste

Goiânia (GO)
Campo Grande (MS)
Cuiabá (MT)

Região Nordeste

Maceió (AL)
Salvador (BA)
Fortaleza (CE)
São Luis (MA)
João Pessoa (PB)
Recife (PE)
Teresina (PI)
Natal (RN)

Último concurso

O último concurso da BB Tecnologia foi realizado em 2015. Na ocasião, foram oferecidas 300 vagas imediatas para diversos cargos de ensino médio e nível superior. Também houve formação de cadastro reserva de pessoal.

No caso de ensino médio, as oportunidades eram para técnico de administrativo, com formação de cadastro reserva nos estados da Bahia e de São Paulo. O mesmo requisito era necessário para técnico de operações- equipamentos. Nesse caso, a atuação era nos estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins e para o Distrito Federal.

Para nível superior, a seleção foi para a carreira de analista de operações nas seguintes áreas: desenvolvimento – mainframe , desenvolvimento – mobile , desenvolvimento – ERP, desenvolvimento – plataforma baixa, requisitos e testes de software, modelagem/administração de banco de dados, infraestrutura e sistema operacional, redes, telecom e segurança e processos de TI. As vagas foram para os Estados de São Paulo, Goiás, Pará, Rio de Janeiro, além do Distrito Federal.

Na época, foram registradas 44.294 inscrições, sendo 31.903 para ampla concorrência, 12.292 negros e 99 pessoas com deficiência.

Fonte: Portal IG

Concurso do Banco do Brasil: sai o resultado das provas objetivas

Publicado em: 05/11/2021


A Fundação Cesgranrio divulgou nesta quinta-feira (4) o resultado das provas objetivas e as notas preliminares da redação do concurso público do Banco do Brasil para 4.480 vagas de escriturário.

Os candidatos podem pedir vista da prova de redação e fazer o pedido de revisão das notas se obtiver nota inferior a 70 até esta sexta-feira (5). O resultado dos pedidos de revisão das notas de redação será divulgado em 12 de novembro. Já o resultado final do concurso deve sair em 21 de dezembro.

São 2.240 imediatas e 2.240 para formação de cadastro de reserva, para todos os estados e o Distrito Federal. A seleção é para o cargo de escriturário, com os nomes de relacionamento de agente comercial e agente de tecnologia.

Foram 1.645.975 inscritos para concorrer às vagas de escriturário, mas 765.545 ( 48%) faltaram no dia da prova, realizada em 26 de setembro.

A divisão das vagas é a seguinte:

  • 2 mil vagas para Escriturário – Agente Comercial, mais 2 mil de cadastro reserva, para atuação nas unidades de negócios em todos os estados e no Distrito Federal;
  • 240 vagas de Escriturário – Agente de Tecnologia, e outras 240 para cadastro de reserva, com foco em Conhecimentos de TI, para vagas somente no Distrito Federal.

O cargo de escriturário possui nomenclaturas específicas para uso no relacionamento com o mercado, que variam de acordo com a unidade em que o funcionário está lotado. Para este concurso, os candidatos puderam concorrer para agente comercial, que trabalha na rede de agências do BB, em todo o país, ou para agente de tecnologia, que assume na área de Tecnologia, em Brasília.

Exigências e remuneração

Para participar da seleção, foram exigidos certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio e idade mínima de 18 anos completos até a data da contratação.

A remuneração inicial é de R$ 3.022,37, para jornada de 30 horas semanais. O banco oferece ainda ajuda alimentação/refeição de R$ 831,16 por mês e, cumulativamente, concede cesta alimentação no valor mensal de R$ 654,87.

Há possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional; participação nos lucros ou resultados; vale-transporte; auxílio-creche; auxílio a filho com deficiência e previdência complementar. Os funcionários do BB possuem ainda acesso à Universidade Corporativa Banco do Brasil (UniBB).

Do total, 5% das vagas são reservados para pessoas com deficiência e 20% para candidatos que se autodeclararem pretos ou pardos.

Foram ofertadas vagas em dependências situadas em todos os estados e no Distrito Federal. No momento da inscrição, o candidato teve de escolher a UF/Macrorregião/Microrregião e a cidade de realização das provas.

Ou seja, ao optar por concorrer a determinada UF/Macrorregião/Microrregião, o candidato foi automaticamente vinculado a ela para fins de realização de provas, de classificação e de contratação.

A seleção tem validade de um ano, a contar da data de publicação do edital de homologação dos resultados finais, podendo ser prorrogada, uma única vez, por igual período. Ou seja, é nesse período que o banco pode chamar os candidatos aprovados.

Concurso ocorre após banco lançar PDVs

O concurso foi lançado após o Banco do Brasil anunciar em janeiro a abertura de dois Programas de Demissão Voluntária com a previsão de adesão de cerca de 5 mil funcionários.

Em fevereiro, o BB informou que haviam sido validadas 5.533 adesões aos dois programas de desligamentos voluntários anunciados em janeiro.

Em julho de 2019, o banco anunciou outro plano de desligamento incentivado. Aderiram ao PDV 2.367 funcionários.

Fonte: Globo.com

Concurso Banco do Brasil divulga imagem do cartão-resposta

Publicado em: 28/10/2021


O concurso Banco do Brasil 2021 divulgou a imagem do cartão-reposta das provas objetivas. A publicação está disponível no site da Fundação Cesgranrio, organizadora.

Para acessar é necessário preencher os dados solicitados para entrar na área restrita apenas aos inscritos na seleção.

Os gabaritos já foram divulgados e será considerado aprovado quem conseguir aproveitamento de, no mínimo, 50% do total da pontuação do conjunto das provas objetivas, de 50% em Conhecimentos Básicos e também de 50% na parte Específica.

Além disso, será eliminado o candidato com nota zero em qualquer uma das disciplinas. A redação, por sua vez, é exclusivamente de caráter eliminatório, no modelo de um texto dissertativo-argumentativo.

A avaliação terá uma pontuação igual a 100, sendo necessário obter 70 pontos ou mais para ser aprovado.

Confira o cronograma do concurso do Banco do Brasil

  • Divulgação dos resultados das provas objetivas e das notas preliminares de Redação – 04/11/2021
  • Vista da prova de Redação e pedido de revisão das notas para os(as) candidatos(as) que obtiverem nota inferior a 70,0 (setenta) no site da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org) – 04 e 05/11/2021
  • Resultado dos pedidos de revisão de notas de Redação e convocação dos(as) candidatos(as) que se autodeclararem pretos(as) ou pardos(as) – 12/11/2021
  • Aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos(as) concorrentes às vagas reservadas para pessoas pretas ou pardas – 16 a 22/11/2021
  • Resultado da avaliação da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos(as) concorrentes às vagas reservadas para pessoas pretas ou pardas – 02/12/2021
  • Interposição de eventuais recursos quanto ao resultado da avaliação da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos(as) concorrentes às vagas reservadas para pessoas pretas ou pardas – 02 e 03/12/2021
  • Prazo para atualização de endereço, se necessário, na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br) – 14/12/2021
  • Previsão de divulgação dos resultados finais – 21/12/2021

Fonte: Folha Dirigida

Concurso do Banco do Brasil ocorre neste domingo em todo o país

Publicado em: 24/09/2021


O concurso para as 4.480 vagas no Banco do Brasil ocorre neste domingo (26). Ao todo, serão 2.240 imediatas e 2.240 para formação de cadastro de reserva, para todos os estados e Distrito Federal. Os salários iniciais são de R$ 3.022,37, para jornada de 30 horas semanais. O banco oferece ainda auxílio-refeição de R$ 831,16 por mês além de cesta alimentação no valor mensal de R$ 654,87.

A banca é organizada pela Fundação Cesgranrio. As informações podem ser conferidas no site, por meio do preenchimento do CPF e senha, cadastrados no ato da inscrição. Clique aqui para saber seu local de prova .

A Fundação afirmou que no total foram 1.645.975 de inscritos.

A prova contém 25 questões de conhecimento básico: Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Atualidades do Mercado Financeiro. Além de 45 questões de conhecimentos específicos da área pretendida. O certame inclui ainda prova de Redação de caráter eliminatório.

Fonte: Portal IG

Concurso Banco do Brasil: trabalho remoto promete economia de R$ 1 bilhão

Publicado em: 02/09/2021


Ao que tudo indica, os próximos aprovados no concurso Banco do Brasil podem se preparar para a possibilidade de trabalharem em home office. Projetos recentes do banco trazem foco no trabalho remoto e remodelação dos escritórios.

De acordo com Gustavo Henrique, gestor de engenharia e patrimônio do Banco do Brasil, o banco instaurou um projeto, que se transformou em um programa, focado em melhorar a forma de trabalhar e os conceitos de transformação dos espaço.

Com o trabalho remoto, o banco se esforçou para equalizar e melhorar os ambientes e os conceitos de trabalho. Os pilares foram eficiência mobiliária, mudança organizacional e cultura e uma transformação digital com itens de tecnologia

Com isso, os modelos dos escritórios passaram por mudanças. Ao todo, 43 prédios foram utilizados como público alvo, em que foram utilizados o conceito de open space, de compartilhamento de assentos.

Por exemplo, um funcionário do Banco do Brasil, ao trabalhar em home office, poderia agendar uma sala e uma estação de trabalho, compartilhando com outros colegas, em datas pré-definidas.

Estas medidas otimizaram os espaços e em torno de 40% dos edifícios do Banco do Brasil poderão passar por desocupações ou vendas.

“O trabalho remoto é a alavanca que vai trazer a otimização do espaço”, comentou o gerente. “Ao longo de 10 anos, teremos uma economia e eficiência de mais de 1 bilhão de reais”.

Fonte: Direção Concursos

Concurso BB: mais de 40 mil inscritos no cargo de Agente de Tecnologia

Publicado em:


Ao todo, mais de 40 mil candidatos se inscreveram no concurso Banco do Brasil para o cargo de Agente de Tecnologia, que oferta 240 vagas imediatas para lotação de Brasília.

O número exato de inscritos é de 40.224 para o cargo de Agente de Tecnologia, sendo a divisão por ampla, cotas de negros e de pessoas com deficiência:

  • Ampla concorrência: 31.734 inscritos
  • Pessoas Negras: 7.932 inscritos
  • Pessoas com Deficiência: 558 inscritos

Com isso, a demanda total de candidatos por vaga é de aproximadamente 167 candidatos/vaga. Considerando o valor das vagas imediatas e de Cadastro de Reserva, a demanda seria de 83,8 candidatos/vaga.

Enquanto isso, a quantidade de inscritos ao cargo de Agente Comercial foi de 1.605.751 candidatos. A região Sudeste contou com a maior quantidade de interessados, com 595.690 inscritos.

O prazo final para o pagamento da taxa de inscrição do concurso Banco do Brasil ocorreu no dia 9 de agosto. Agora, candidatos se preparam para aplicação das provas previstas para o dia 26 de setembro.

O edital do concurso Banco do Brasil foi publicado com a oferta de 2.240 vagas imediatas e 2.240 para formação de cadastro de reserva no cargo de escriturário, que exige nível médio. A remuneração inicial é de R$ 3.022,37.

Fonte: Direção Concursos

 

Concurso Banco do Brasil 2021: confira a concorrência por região

Publicado em: 19/08/2021


O concurso Banco do Brasil 2021 surpreendeu a todos devido a seu alto número de inscritos, que entrou para a história! Confira aqui a divisão desse número por regiões do país.

O concurso, que está sob a organização da Fundação Cesgranrio , recebeu mais de 1,6 milhão de inscritos. As inscrições se encerraram no último dia 7 de agosto de 2021.

Na última quinta-feira, 12 de agosto, foi divulgada a relação do número de inscritos para as regiões do país. Confira:

O concurso nacional que entrou para a história por seu número de inscrições oferece 4.480 vagas de nível médio para o cargo de Escriturário. A metade desse número, 2.240, será destinada a formação de cadastro reserva.

Os contratados cumprirão uma jornada de trabalho de 30 horas semanais. As oportunidades para o cargo de Escriturário apresentam 2 perfis diferentes:

Agente Comercial (Escriturário Tradicional) – 4 mil vagas, sendo 2 mil imediatas e 2 mil para cadastro reserva; e
Agente de Tecnologia (Escriturário voltado para a área de TI) – 480 vagas, sendo 240 imediatas e 240 para cadastro reserva.

A remuneração para a carreira é de R$ 4.508,40, já incluindo os benefícios disponíveis para os contratados. Entre eles está o auxílio-alimentação de R$ 831,16 e a cesta alimentação de R$ 654,87. Os demais benefícios são:

participação nos lucros (geralmente paga duas vezes ao ano);
planos de saúde e odontológico;
previdência privada com participação do banco;
auxílio-creche/babá; e
auxílio ao filho com deficiência.

Ao todo, o novo concurso do BB recebeu, de acordo com a banca do certame, 1.645.975 inscritos. Desse número, 1.605.751 concorrem à vaga de Agente Comercial, enquanto que 40.224 concorrem à vaga de Agente de Tecnologia.
Provas do concurso acontecerão em setembro

As provas do concurso estão programadas para o dia 26 de setembro de 2021. Os candidatos deverão realizar uma prova objetiva e uma redação no tempo máximo de 5 horas.

Para a avaliação objetiva, 70 questões deverão ser respondidas, sendo 25 sobre Conhecimentos Básicos e 45 sobre Conhecimentos Específicos.

A redação, por sua vez, possuirá o modelo dissertativo-argumentativo e valerá 100 pontos. Para a aprovação, o candidato deve atingir o mínimo de 70 pontos.

Fonte: Nova Concursos

Concurso do Banco do Brasil atrai 1,6 milhão de candidatos para 2,2 mil vagas

Publicado em: 13/08/2021


Em plena era das fintechs, com os mais jovens acalentando o sonho de atuar na construção da chamada nova economia, a chance de trabalhar no Banco do Brasil (BB) ainda mexe com os brasileiros. Em 26 de setembro, 1,646 milhão de pessoas disputarão 2.240 vagas de escriturário na instituição bicentenária, no maior processo seletivo na história do País, segundo a Fundação Cesgranrio, que organiza o concurso. As inscrições foram encerradas no dia 7 de agosto.

O número de candidatos equivale a mais de 10% do efetivo em busca de trabalho no Brasil. Conforme o IBGE, ao fim do primeiro trimestre deste ano, 14,7 milhões de pessoas tentavam encontrar uma ocupação, o maior contingente da série histórica do instituto.

Ao todo, são 734,8 candidatos para cada vaga oferecida pelo banco. A concorrência é quase cinco vezes maior do que a do curso de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), o mais concorrido no vestibular da Fuvest, que teve 154,6 candidatos por vaga em sua edição mais recente.

Além de sair da fila, os candidatos às vagas oferecidas no BB disputam um salário mensal pouco acima de R$ 3 mil, por 30 horas semanais de dedicação. Outros 2.240 pessoas preencherão a reserva, aguardando uma chance de serem convocadas para preencher os quadros do banco no futuro.

Dentre os inscritos, a grande maioria se candidatou para atuar como agente comercial. Pouco mais de 40 mil, para atuar na área de tecnologia. Dos postos oferecidos, 2 mil são para agente comercial e 240 para agente de tecnologia, com a mesma proporção para a reserva. Mas 20% das vagas serão reservadas a cotas para “pessoas pretas ou pardas” e outros 5%, para portadores de deficiência, atendendo à legislação.

Números surpreendentes

O que está em jogo, entretanto, é bem mais do que o salário oferecido. “Acreditamos que os candidatos foram atraídos pelas oportunidades de ascensão e encarreiramento que o BB oferece, além do conjunto de benefícios”, disse por meio de nota enviada pelo banco o vice-presidente corporativo do BB, Ênio Mathias. Segundo ele, o número de inscritos surpreendeu a instituição.

Somente os auxílios de refeição e alimentação do BB adicionam quase 50% à remuneração inicial. No pacote constam ainda participação nos lucros ou resultados, conforme a legislação e o acordo sindical, vale-transporte, auxílio-creche, auxílio a filho com deficiência, previdência complementar e assistência à saúde.

Fonte: Estadão

 

 

MPT pede nulidade de edital de concurso BB por menos vagas para deficientes

Publicado em:


O Ministério Público do Trabalho no Distrito Federal (MPT-DF) processou o Banco do Brasil após identificar irregularidades que dificultam a contratação de Pessoas com Deficiência (PcD). A procuradora Flávia Bornéo Funck pediu a declaração de nulidade do Edital nº 1 de 2021, aberto para o cargo de escriturário.

Ela aponta ilegalidade de requisitos para inscrição, como a exigência ultrapassada de laudo com a Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID-10) para comprovação da deficiência. Flávia cita outros problemas, como a previsão de quantitativo de oferta de vaga no patamar mínimo de 5% – insuficiente para corrigir o déficit atual –, a não convocação prioritária das pessoas com deficiência, a adoção indevida de classificação de corte para PcD, mesmo alcançando a nota mínima.

A possibilidade de eliminação do candidato pela equipe multiprofissional após a aprovação e a não previsão de adaptação durante o período de experiência são outros pontos levantados pela desembargadora.

Em vigor desde 1991, o artigo 93 da Lei nº 8.213 determina que empresas com mais de 1.000 empregados devem preencher 5% de suas vagas com Pessoas com Deficiência. No caso do Banco do Brasil, por se tratar de sociedade de economia mista, esta contratação se dá por meio de concurso público.

Entretanto, atualmente, o banco estatal preenche apenas 1,69%, tendo 1.637 pessoas com deficiência ou reabilitadas em seu quadro, em universo de 96.616 empregados. Há, portanto, um déficit de 3.194 trabalhadores.

Apesar da legislação existir há 30 anos e dos editais preverem a reserva de 5%, o Banco do Brasil nunca chegou perto da marca mínima. A procuradora Flávia Funck explica que a conta não fechará tão cedo, pois, com o déficit atual, o chamamento de novos aprovados no percentual mínimo de 5% não será suficiente para corrigir a defasagem.

Ela também critica as limitações impostas pelo edital, que afastam candidatos com deficiência ou eliminam possíveis aprovados que atingiram a nota mínima do concurso, mas são ‘cortados’ pela restrição prevista do número máximo de vagas. “Com a Previsão de vagas que consta no Edital, na melhor das hipóteses, alcança-se um total de 135 convocações, além de 134 possíveis convocações em Cadastro de Reserva (total de 269), sendo que o déficit atual é de 3.194”, esclarece a procuradora.

Flávia demonstra, a partir de números do próprio BB, que houve crescimento do cumprimento da Cota Legal de 0,09% em três anos, quando o banco passou de 1,60% para 1,69%. Nesse ritmo, seriam necessários 103 anos para o cumprimento integral.

“Ocorre que há um ‘efeito cascata’ que é decorrente, justamente, da não adaptação das normas editalícias às disposições constitucionais, convencionais, legais e regulamentares, resultando em exclusões injustificadas de pessoas com deficiência nas diversas fases do concurso”.

A procuradora foi à Justiça e pediu a nulidade do Edital nº 1 de 2021. Ela quer que seja elaborado novo documento com os seguintes tópicos:

I) Previsão de contratação prioritária de pessoas com deficiência;

II) Não adoção do critério de classificação de corte (posição-limite) para os candidatos com deficiência, de modo a sujeitá-lo apenas às notas mínimas nas fases objetivas e subjetivas;

III) Não condicionamento da inscrição à apresentação de Laudo Médico em que conste o código CID ou à apresentação de Laudo expedido em prazo menor de três anos quando a deficiência for permanente;

A Ação Civil Pública também cobra indenização, a título de dano moral coletivo, de R$ 50 milhões, em razão do reiterado descumprimento da legislação vigente há trinta anos. Segundo a procuradora, o valor é devido em razão do “enorme prejuízo representado pela não contratação de trabalhadores com deficiência pelo Banco do Brasil”.

O Processo será julgado pela 9ª Vara do Trabalho de Brasília. O Correio procurou a assessoria de imprensa do Banco do Brasil para obter um posicionamento da estatal sobre o pedido do MPT e aguarda um retorno. O espaço segue aberto para manifestações.

Fonte: Correio Braziliense

 

Concurso Banco do Brasil: mais de 114 mil se inscreveram no Distrito Federal

Publicado em:


Após anunciar o recorde de mais de um milhão e meio de inscritos no concurso do Banco do Brasil, a instituição informou a quantidade de cadastros para o Distrito Federal. Foram contabilizados 114.778 inscrições, sendo 74.554 inscritos para o cargo de Escriturário – Agente Comercial e 40.224 para Escriturário – Agente de tecnologia.
Desse total, 1.621 se inscreveram para as vagas reservadas às Pessoas com Deficiência e 20.987 para as vagas reservadas às Pessoas Pretas e Pardas.

O concurso do Banco do Brasil reserva chances para todos os estados e o Distrito Federal. Na última quarta-feira (11/8), o banco informou que recebeu 1.645.975 inscrições no total. E, segundo a Fundação Cesgranrio, banca organizadora da seleção, trata-se do maior concurso da história do país.

Foram registrados 1.605.751 inscritos para as vagas de Escriturário – Agente Comercial e 40.224 inscritos para as vagas de Escriturário – Agente de Tecnologia. As inscrições terminaram no último dia 7.

A Fundação Cesgrario é organizadora da seleção. As chances são para os Estados o Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins e no Distrito Federal. O salário iniciail é de R$ 3.022,37.

As chances são distribuídas da seguinte forma:

– 2 mil vagas para Escriturário – Agente Comercial, mais 2 mil de cadastro reserva, para atuação nas unidades de negócios;

– 240 vagas de Escriturário – Agente de Tecnologia, e outras 240 de cadastro de reserva, com foco em Conhecimentos de TI.

Segundo o banco, o cargo de escriturário possui nomenclaturas específicas para uso no relacionamento com o mercado, que variam de acordo com a unidade em que o funcionário está lotado.

Para este concurso, os candidatos podem concorrer para Agente Comercial, que trabalha na rede de agências do BB, em todo o país, ou para Agente de Tecnologia, que assume na área de Tecnologia, em Brasília.

Etapas

Para participar da seleção, é preciso ter certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação e idade mínima de 18 anos completos, até a data da contratação.O concurso será composto de aplicação de provas objetivas, de caracteres eliminatório e classificatório, prova de Redação, de caráter eliminatório, aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos (as) pretos (as) ou pardos (as), e procedimentos Admissionais e Perícia Médica.

A realização das provas está prevista para o dia 26 de setembro de 2021 e seguirá os protocolos de prevenção à Covid-19, conforme regras do edital.

As provas irão conter questões de Conhecimentos Básicos (25 questões): Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Atualidades do Mercado Financeiro e Conhecimentos Específicos (45 questões), de acordo com a vaga pretendida:

– Agente de Tecnologia:
Probabilidade e Estatística, Conhecimentos Bancários e Tecnologia da Informação.

– Agente Comercial:
Matemática Financeira, Conhecimentos Bancários, Negociação e Vendas e Conhecimentos de Informática.

Remuneração e benefícios

A remuneração inicial é de R$ 3.022,37, para jornada de 30 horas semanais, ajuda alimentação/refeição de R$ 831,16 por mês e, cumulativamente com o benefício de ajuda alimentação/refeição, o Banco concede a cesta alimentação, no valor mensal de R$ 654,87, na forma do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT. Há possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional; participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente; vale-transporte; auxílio-creche; auxílio a filho com deficiência; e previdência complementar.

Os funcionários do BB possuem, ainda, acesso à Universidade Corporativa Banco do Brasil (UniBB), que promoveu 3,5 milhões de ações de capacitação apenas em 2020. “Estamos sempre investindo no encarreiramento dos nossos funcionários. Agora em maio, lançamos um movimento interno, chamado de ‘evolution’, para trazer oportunidades de qualificação profissional, direcionadas para o incremento e desenvolvimento de competências digitais”, destaca o presidente do BB.

O Banco irá oferecer bolsas de idiomas, incentivos para graduação, pós-graduação lato sensu, mestrado e doutorado, oportunidades de mentoria, compartilhamento de experiências e hackathons. “A nossa cultura organizacional é baseada em valores consolidados de foco no cliente, ética, inovação, senso de dono, confiabilidade, eficiência e espírito público”, finaliza Fausto.

O prazo de validade da esgotar-se-á após um ano a contar da data de publicação do Edital de Homologação dos resultados finais, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, a critério exclusivo do banco. “Nosso objetivo é atrair novos talentos, em nível nacional, que se identifiquem com nosso propósito de cuidar do que é valioso para as pessoas. Em decorrência da pandemia, tivemos o cuidado de definir um cronograma mais extenso para realizar a inscrição, possibilitando mais tempo de estudo aos candidatos”, explica Fausto Ribeiro, presidente do BB.

Fonte: Correio Braziliense